Cantora indígena do Amazonas, Djuena Tikuna concorre a prêmio internacional

Música

A cantora indígena Djuena Tikuna, primeira amazonense indicada ao prêmio “Indigenous Music Awards”, contará com apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), para viajar à cerimônia de premiação, que acontece na cidade de Winnipeg, no Canadá. O anúncio foi feito pelo secretário de Cultura, Denilson Novo, durante o 11º Encontro de Mulheres Indígenas do Rio Negro, que ocorre até amanhã dia 3 de maio, no município de São Gabriel da Cachoeira.

Djuena foi uma das cantoras convidadas pela organização do evento e se apresentou na sede da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN), no município. O apoio do Governo do Amazonas também inclui os integrantes da banda de Djuena.

“A cantora Djuena se mostrou feliz pelo reconhecimento e apoio. Ela destacou que vai representar não só o seu povo, mas todos os povos indígenas neste prêmio”. Para ela “é importante valorizar a língua e identidade e eu, como militante indígena venho lutando por este espaço, para que a música indígena seja respeitada”, ressaltou.

Inclusão – O secretário de Cultura Denilson Novo destacou o empenho no intuito buscar uma maior inclusão para os povos indígenas. “Seguimos a orientação do governado em fortalecer as parcerias com as organizações indígenas e ampliar a inclusão dos mesmos. Então, é muito gratificante poder contribuir com a visibilidade de uma cantora tão talentosa quanto Djuena. Sabemos que ela vai representar nosso Estado e nossos povos com muito orgulho”.

Djuena concorre na categoria “Melhor Álbum Musical” com o CD “Tchautchiüãne”, lançado em agosto do ano passado, no Teatro Amazonas. “Tchautchiüãne” (“Minha Aldeia”, em português) é o primeiro álbum solo da cantora e conta com 12 composições escritas exclusivamente na língua tikuna.

‘Indigenous Music Awards’ – A premiação acontece durante o festival “Manito Ahbee”, que há 13 anos celebra a cultura e música indígena, na cidade de Winnipeg, no Canadá. Durante o encontro, representantes indígenas de diversos lugares do mundo dialogam sobre a importância dos povos indígenas, suas culturas e identidades.

 

Fonte – Secom

Deixe uma resposta