Jovens alunos de piano exibem talento em recital no Palácio Rio Negro, nesta sexta

Música

O Salão Nobre do Centro Cultural Palácio Rio Negro vai receber os jovens alunos de piano da professora Edine Hsu, que exibirão seus talentos no recital “Esse Tal de Piano”, que acontece nesta sexta-feira (1º/12), às 19h30. A apresentação é gratuita e aberta ao público em geral, contando com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), como parte da agenda do Programa Espaço Aberto.

O recital no Palácio Rio Negro contará com sete alunos de piano de Edine Hsu, com idades entre 8 e 15 anos. São eles Chen Xin Yun (Letícia), Evelyn Lin, Luna Lima Leite, Maria Hadassa Hsu Zane, Melissa Wang, Nicole Wang Lin e Nina Pinheiro Vieira. Haverá ainda a participação especial de Erik Lin, aluno de violão do professor Bruno Shuan Laço. Esta será a segunda edição do recital com aprendizes de Edine, realizado pela primeira vez no final do ano passado.

O programa reúne obras de compositores como Johannes Brahms (1833-1897), Ludwig van Beethoven (1770-1827) e Jacques Offenbach (1819-1880), além de peças didáticas de James Bastien (1934-2005), pianista e professor de música norte-americano.

A apresentação é dividida em duas partes, a primeira delas com performances solo de cada um dos jovens pianistas, e a segunda trazendo um solo de Erik Lin e performances a quatro mãos de Edina com Maria Hadassa, Evelyn e Nina. E, na abertura e no encerramento, as peças terão acompanhamento com percussão corporal e percussão com bolas, dando uma mostra pedagógica do trabalho de iniciação musical dos alunos.

De acordo com Edine, o recital compõe uma etapa importante da iniciação dos jovens estudantes de piano. “É importante para a formação deles, como iniciantes, fazer uma apresentação, ter um público assistindo ao que eles estão aprendendo”, afirma ela.

Arte e educação – Edine Hsu é licenciada em Música pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), com pós-graduação em Psicopedagogia pela Faculdade Salesiana Dom Bosco. Atuou como professora de musicalização, piano e teoria musical no Centro de Artes da Ufam, de 2010 a 2012 e de 2014 a 2016, e como profissional de Educação Artística na Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, de 2012 a 2014.

Atualmente, Edine é professora de teclado no Centro Educacional Século, e professora de piano particular para alunos iniciantes.

 

Fonte – Secom

Deixe uma resposta