No Amazonas, italianos propõem parcerias nos eventos em espaços culturais da SEC

Música

Autoridades da embaixada italiana visitaram, na quinta-feira (17), o Teatro Amazonas a fim de conhecer o patrimônio e realizar eventos em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Esta foi a primeira de uma série de visitas que a comitiva fará a Manaus para conhecer os espaços culturais da capital com o intuito de criar intercâmbios com a cultura italiana.

Participaram da visita o chefe da chancelaria consular, Giuseppe Patanè; o cônsul honorário da Itália, Dr. Arnaldo Russo; assessora do consulado, Benvenuta Alencar de Melo, e a chefe do departamento Cultural e Imprensa, Alessandra Crimi. Criado há um ano, o departamento cultural está visitando cidades nas quais há presença da embaixada italiana a fim de promover a língua e a cultura italiana no País.

“No primeiro ano de atividade do departamento, conseguimos conquistar muitas coisas, porém, a atuação aconteceu mais em Brasília. Neste ano, queremos fazer algo mais para promover a cultura italiana em cidades de competência da embaixada. Manaus é essencial porque tem espaços culturais maravilhosos, como o Teatro Amazonas, no qual podemos criar essa parceria”, afirmou Alessandra Crimi.

Festival de cinema – Uma das sugestões da chefe do departamento cultural é um festival de cinema da Itália, com filmes inéditos e legendas em português para o público de Manaus e, também, participação do país europeu no Festival Amazonas de Ópera. “Temos filmes que poderiam ser lançados aqui no segundo semestre, então vamos manter contato com a SEC para achar um espaço adequado. Outra parceria futura seria uma ópera italiana incluída dentro da programação do Festival Amazonas de Ópera”, disse.

O secretário de Cultura Denilson Novo recebeu a comitiva no Teatro Amazonas junto com o secretário executivo, Divaldo Martins, a diretora do Teatro Amazonas, Jessilda Furtado, e a assessora de relações internacionais da SEC, Suzy Osaqui. Segundo o secretário, esse foi o primeiro passo para que possa haver o intercâmbio entre as culturas italiana e amazonense.

“Todos os nossos espaços culturais têm características com as quais podemos trabalhar diversas linguagens artísticas e temos certeza que a Itália pode contribuir muito com o Amazonas. Após essa primeira conversa, veremos como podemos estreitar laços para que nossos artistas também possam ocupar espaços na Itália e mostrar a riqueza da nossa cultura”, declarou o secretário.

“Vamos analisar os espaços oferecidos pela SEC e nosso objetivo é tentar realizar algo ainda este ano na capital do Amazonas”, disse Alessandra Crimi.

 

Fonte – Secom

Deixe uma resposta