Prefeitura abre festejos juninos em Manaus nesta sexta-feira

Música

Com aproximadamente 90 festivais folclóricos em todas as zonas da cidade, a Prefeitura de Manaus abre o calendário de festejos juninos, nesta sexta-feira, 1º de junho, com seis tradicionais eventos nas zonas Oeste, Centro-Oeste, Norte e Centro-Sul de Manaus. Ao todo, 87 arraiais, festivais ou quermesses gratuitos acontecem entre os mêses de junho a agosto.

Com apoio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), a programação pode ser conferido no site vivamanaus.com.

De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, o edital disponibilizou 10% a mais de vagas para apoio às festividades, registrando um aumento no número de eventos em relação ao ano passado.

Fim de semana

Abrindo a programação junina, os moradores do bairro da Paz, zona Centro-Oeste de Manaus, realizarão a 25ª edição do festival folclórico do bairro, durante três fins de semana (1,2 e 3; 8,9 e 10; 15,16 e 17/6). A programação contará com apresentação de danças folclóricas e urbanas, atrações musicais, além de parque de diversão para o público infantil.

Já na terceira etapa do bairro Compensa, Zona Oeste, a Comunidade Santo Antônio de Pádua realizará Quermesse nos dias 2 e 3/6, com manifestações culturais e religiosas, além de barracas de sorteios e vendas de comidas típicas.

Os bairros Tarumã, Aleixo e Cidade Nova também darão abertura aos seus festivais folclóricos neste fim de semana. Vale ressaltar que em todas as festividades dos bairros, a entrada é gratuita.

62º Festival Folclórico do Amazonas

Tradições, histórias e lendas unem-se ao ritmo marcado pela dança e o tablado para contar a memória e os costumes através do tempo durante o 62º festival Folclórico do Amazonas, que acontece de 12 a 23 de junho no Complexo Turístico da Praia da Ponta Negra, zona Oeste. Serão 12 dias de festa com a apresentação de 76 grupos folclóricos.

Durante todo o festival, a feira gastronômica inicia às 17h com som mecânico. Às 19h30, os grupos de dança das categorias Bronze e Prata dão início à disputa pela melhor apresentação. Quadrilhas tradicionais e cômicas, danças nordestina, alternativa, nacional e internacional, cirandas e tribo, entre outras modalidades prometem contagiar o público este ano.

Em 2017, o Festival reuniu um público de 50 mil durante 13 dias de festa. Este ano, a expectativa é de que este número possa ser maior, devido à receptividade do público.

 

Fonte – Semcom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta