Show ‘Personalidades Negras’ abre a Semana da Juventude, no Teatro Amazonas

Música

Com um repertório que reflete o empoderamento da mulher negra, o show “Personalidades Negras” fará a abertura da Semana da Juventude Manaus 2017, na próxima segunda-feira, 20, às 20h, no Teatro Amazonas, Centro. O evento marcará, ainda, a celebração dos 10 anos do Festival “Até o Tucupi”, que este ano chega a sua 12ª edição e será realizado dentro da programação da Semana da Juventude.

A abertura oficial do festival contará com a apresentação coletiva inédita de cantoras negras da cidade de Manaus. Elisa Maia, Jéssica Stephens, Karen Francis, Luciana Gorgonha, Inah Bastet, Vivian Gramophone, a dupla Lary Go & Strela e o grupo Baque Mulher Manaus se apresentarão por três horas, com músicas que visam a ancestralidade e o protagonismo da mulher negra na música.

“A Prefeitura de Manaus trabalha para criar políticas públicas voltadas para a juventude da cidade. Essa é uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto para que criemos políticas e eventos como a Semana da Juventude para o enriquecimento cultural e para valorização dos jovens que são tão importantes para o desenvolvimento da nossa cidade”, declarou o secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), João Luiz.

Idealizado pelo Instituto Gangazumba em parceria com o Coletivo Difusão (organização cultural), em 2014 e 2015, o projeto “Personalidades Negras” reuniu uma série de artistas negros da cidade de Manaus em shows na quadra da Escola de Samba Grande Família e Teatro Amazonas, respectivamente.

“Esse ano o Até o Tucupi completa 10 anos e será realizado dentro da Semana da Juventude, além de contar com uma programação voltada para a consciência e juventude negra, com seminários, rodas de conversa, mostras de músicas, ações sociais e debates voltados para as políticas públicas para a juventude de Manaus”, ressaltou a coordenadora do Coletivo Difusão, Michelle Andrews.

A Semana da Juventude 2017 será realizada pela Prefeitura de Manaus em parceria com o Coletivo Difusão e pelo Conselho Municipal de Juventude (CMJ), órgão atrelado à Semjel. Além de contar com os apoios da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e do Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Até o Tucupi

Desde 2007, o festival é voltado para valorização das artes integradas, promovendo intercâmbio cultural do Estado com outras regiões do Brasil. O festival torna-se ponto chave nessas articulações, tanto para escoamento de produções artísticas, quanto para a troca de tecnologias sociais que visam a capacitação dos agentes culturais amazonenses, capazes de provocar a transformação da cidade de Manaus, com foco na qualidade de vida, tendo em vista a transversalidade da cultura com aspectos da vida urbana: educação, saúde, mobilidade, segurança.

Em 10 anos, o Até o Tucupi mobilizou números relevantes, alcançando um total de 57 mil pessoas atingidas, tendo a juventude como seu principal público-alvo. Duas mil e quinhentas pessoas foram capacitadas em atividades de formação e na música, foram realizados 178 shows de artistas da cidade e de outros Estados brasileiros. Todas as atividades com acesso gratuito.

 

Fonte – Semcom

Deixe uma resposta