Evento vai fomentar a citricultura no município de Rorainópolis

Notícias

Como mais uma forma de incentivo à produção de citros região Sul do Estado, a governadora Suely Campos, recebeu nesta terça-feira, 24, uma comissão de produtores e secretários de Estado, para tratar e firmar o apoio do Governo de Roraima para a Festa da Laranja, que será realizada dias 3 e 4 de novembro, na sede do município de Rorainópolis.

O evento vai ofertar cursos, clínicas tecnológicas e crédito para os produtores, através de instituições financeiras como a Desenvolve Roraima, Banco do Brasil, Bradesco e Caixa, que já confirmaram que estarão com estande no local para atender aos produtores.

Esta será a segunda edição da festa que já se transformou num dos maiores eventos do município, permitindo a discussão sobre o melhoramento da produção, a introdução de tecnologias de pós-colheita, e o tratamento e manejo de frutas para os agricultores como forma de consolidar um mercado e garantir renda para todos.

“A festa tem o objetivo de promover transações necessárias ao aumento da competitividade da laranja de Roraima no mercado regional, a fim de gerar emprego e renda para a região e para o Estado”, disse Valdelice Campina, coordenadora da comissão de agricultores de Rorainópolis.

Durante o festejo, dirigentes de bancos vão apresentar linhas de crédito para a agricultura familiar, enquanto empresários e produtores de outros Estados vão expor as experiências que deram certo na lavoura. Também haverá debates sobre cooperativismo. Além disso, a festa conta com atrações culturais com artistas locais.

“O governo vem resgatando e apoiando os eventos tradicionais de todos os municípios, pensando na geração de renda e na oportunidade de negócios. Rorainópolis já se consolidou como o município com a maior produção de citrus do Estado. Uma parte significativa da laranja e do limão é exportada para Manaus, depois que nossa Agência de Defesa Agropecuária (Aderr) passou a fazer a certificação dessas frutas, no ano passado. Então temos todo o interesse que esse evento se fortaleça como mais um espaço de negócios e por isso o governo vai apoiar os produtores do Sul do Estado”, destacou a governadora Suely Campos.

Valdelice ressaltou a importância do apoio do Governo para a realização do evento. “A grande verdade é que sem o apoio do governo esta festa não aconteceria, o que seria lamentável para o nosso povo. Somos gratos, pelo apoio e participação da governadora Suely na preparação de cada detalhe desse evento”, agradeceu a agricultora.

A festa é uma oportunidade para pesquisadores, extensionistas, produtores, empresários, comerciantes e convidados participarem de cursos, palestras e feiras de produtos ligados à citrocultura, produtos hortifrutícolas e artesanato, além de poderem trocar experiência e fechar negócios.

Com uma lavoura de aproximadamente 559 hectares, Rorainópolis produz 4,5 milhões de quilos de citros por ano, movimentando mais de R$ 3 milhões por ano.

 

Fonte – Governo de Roraima

Deixe uma resposta