Fake News é tema de seminário em Universidade de Alagoas

Notícias

A Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do Estado de Alagoas (Jorgraf), em parceria com o Centro Universitário Tiradentes (Unit), realiza no dia 17 de abril, às 19h, o seminário “Fake News – um ameaça real nas redes sociais”. O evento acontece no auditório I, do bloco C, no campus Amélia Maria Uchôa, em Cruz das Almas.

O seminário tem como objetivo debater e alertar, junto aos profissionais de comunicação e a sociedade em geral, a propagação das notícias falsas. O tema é atual e polêmico. Quem tem acesso à internet e às redes sociais provavelmente já se deparou com esse tipo de noticia, mesmo que não tenha notado que era uma. No ambiente virtual, as chamadas fake news são rapidamente compartilhadas e espalhadas, com a ajuda de robôs. Segundo a Universidade de Oxford, na Inglaterra, mais da metade do tráfego da internet é feito por bots, programas que simulam ações humanas repetidas vezes e de maneira padrão. Esses programas são capazes de fazer um tema se transformar em tendência, atacar uma figura pública, espalhar um boato e, inclusive, ser importante arma política.

O assunto tomou uma proporção que até projetos de lei que tratam do assunto estão tramitando no Congresso Nacional e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), criou um grupo para desenvolver formas de combater as notícias falsas. Pensando nisso, a Jorgraf vai ser pioneira em Alagoas no debate deste tema.

O diretor financeiro da cooperativa, Flávio Peixoto, disse que a ideia do seminário surgiu para alertar o crescimento de fake news no ambiente online. “A propagação nas redes sociais é rápida e grande. Isso para gente como uma empresa de comunicação é uma preocupação porque trabalhamos com a informação e é fundamental preservar a credibilidade do nosso produto. Faremos o evento de forma pioneira para debater e esclarecer o que são as fakes news e como elas se propagam. Esse tema merece o debate por ser uma pauta que vem preocupando o TSE e o TRE [Tribunal Regional Eleitoral] por essas notícias crescer consideravelmente em anos eleitorais”, ressalta Peixoto.

Para o diretor-presidente da Jorgraf, Paulo Gabriel, o evento passou a ser um tema de todos os brasileiros por ser atual e perigoso. “Poucos meios de comunicação estão abrindo espaço para os especialistas descobrir ou entrar em confronto com as redes sociais. Como sempre, pautamos um jornalismo sério e não podemos deixar o assunto de fora. Muitas dessas notícias são feitas por robôs. E temos que ficar atentos sobre o tema. Estamos saindo na frente para colocar isso em pauta para estudantes e profissionais. E para redescobrir que o jornalismo deve ser feito com seriedade. Escolhemos a data por conta do clima eleitoral onde surge mais esse tipo de notícia”, explica Paulo Gabriel.

Para reitor da Unit, Dario Arcanjo de Santana, assunto é essencial para sociedade e de grande relevância. “O debate vai dar maior maturidade aos participantes. Entendemos que a discussão do assunto é de essencial importância para nossa sociedade, tendo em vista que hoje está customizado que as pessoas criam notícias que contribuem para a insatisfação e o comprometimento do cidadão brasileiro. A realização do evento promovido pela Jorgraf e Unit é de fundamental importância para os nossos universitários e para a sociedade em geral, visto que é muito importante mostrar a todos os participantes do evento qual o nosso posicionamento em relação à postura de vários cidadãos que comprometem a integridade física e moral das pessoas e que contribuem para assunto.

O advogado Messias de Souza, especializado na área eleitoral e com atuação em Brasília, e o professor da PUC-RS Celso Schröder, ex-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Quem também será palestrante é o professor Josbeth Correia Macário, jornalista e docente dos cursos de Jornalismo e Publicidade da Unit. O evento terá transmissão ao vivo através da TV Web Tribuna Hoje e das redes sociais da Jorgraf.

Os interessados em participar devem fazer a inscrição através de um website no portal Tribuna Hoje e no site da Unit, além de levar um quilo de alimento não perecível no dia do evento. As vagas são limitadas para 300 pessoas e os alimentos serão entregues em instituições de caridade do Estado.

 

Fonte – Unit

Deixe uma resposta