Iniciado processo para ordenamento pesqueiro na região do Acajatuba, em Iranduba e Manacapuru

Notícias

A Assessoria de Ordenamento Pesqueiro (Asspes), iniciou, na terça-feira (12/06), o processo de Acordo
de Pesca na região do Acajatuba, na comunidade rural Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, no município de Manacapuru no Amazonas.

De acordo com o engenheiro de Pesca da Sema, João Bosco Ferreira, essa é a primeira reunião do
ordenamento pesqueiro naquela região, no Baixo Rio Negro, que também inclui parte do município de
Iranduba. “A reunião tem como objetivo sensibilizar as comunidades e proprietários de pousadas
comunitárias, assim como os diversos usuários dos recursos pesqueiros, para o estabelecimento de
regras e zoneamento de áreas para a prática das diferentes modalidades de pesca e minimizar os
conflitos pelo uso dos recursos pesqueiros daquela área”, disse.

O coordenador da Asspes, Rogério Bessa, informou que o Acajatuba é uma região com grande potencial
turístico, com destaque para a pesca esportiva, a qual deve estar com regras claras para proporcionar
o desenvolvimento sustentável dessa atividade e gerar emprego e renda para as comunidades. “Essa ação foi demandada pelos comunitários da região do Acajatuba e faz parte da implementação do Plano de Gestão da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do rio Negro”, informou.

A atividade envolveu uma equipe técnica da Sema e conta com a participação de sete comunidades da
região do Acajatuba, representantes do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Secretaria de Meio Ambiente de Manacapuru e Associação, Colônia e Sindicato dos pescadores.

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta