Manuel Cardoso professor da Ufam, abordou ‘Os negócios na capital verde do Mundo’, no Exame Fórum Amazônia

Notícias

Aliar empreendedorismo, desenvolvimento e preservação ambiental foi o foco da palestra do professor da Ufam durante fórum promovido pela revista Exame. Evento reuniu especialistas de diversas áreas para debater oportunidades de negócios para Manaus.

Abordando o tema “Os negócios na capital verde do Mundo”, o Exame Fórum Amazônia contou ainda com participação do professor da Faculdade de Tecnologia da Ufam, Manuel Cardoso. Cardoso relatou os 30 anos de experiência acadêmica e 40 anos como empreendedor local, o docente discorreu sobre a transformação e conhecimento em oportunidades de negócio respeitando a biodiversidade da Amazônia na palestra “Biotecnologia: como aproveitar, sem devastar, a grande riqueza verde”. Ao lado do professor esteve Mariano Cenano, cofundador e pesquisador sênior do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia(Idesam) e Olinda Canhoto, coordenadora do Centro de Biotecnologia da Amazônia.

Segundo o professor da FT, o importante no processo é discutir como se apropriar do bioma da Amazônia, como extrair informações e conhecimentos que resultem em ganho econômico e social para a Amazônia. “Temos um potencial enorme. Precisamos conhecer mais o nosso bioma para que possamos gerar a nossa própria autossustentação. Na palestra, ele defendeu que precisamos conhecer mais o nosso bioma para que possamos gerar a nossa própria autossustentação. Também vou mostrar os canais onde se pode buscar isso. Com planejamento de médio e longo prazo, sempre preocupados com a preservação, é possível gerar mais conhecimento sobre o bioma Amazônico e, com isso, ter a sua maior valorização e assim mais consciência também”, explicou o professor Manuel Cardoso.

Integraram a programação do Fórum nomes como os de Gustavo Leal, diretor do Senai, que mostrou “O Brasil e a indústria 4.0”; Ricardo Guimarães, presidente da consultoria Thymus Branding, apresentando o potencial mundial da marca Amazônia; e Lucas Aragão, cientista político e sócio da consultoria Arkos, que discutiu no talk show “O cenário político e as eleições de 2018”.

Outros aspectos importantes expostos durante o Fórum destacou a Zona Franca, considerada do ponto de vista da revolução digital e também quanto ao seu futuro e atuação para o desenvolvimento regional e ambiental; as questões de logística do estado e da região Norte também froam observadas, bem como problemáticas ambientais como saneamento e uso da água.

 

Fonte – Ufam

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta