MAPA e Adaf elaboram plano de ação em busca do status internacional de livre da aftosa

Notícias

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), órgão vinculado à Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), reuniu, nesta sexta-feira (12/01), com a Superintendência Federal de Agricultura no Amazonas (SFA-AM) para tratar da continuidade do status do Estado livre de febre aftosa com vacinação. A SFA-AM é o órgão representante do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Estado do Amazonas.

Após o reconhecimento nacional do status de livre da febre aftosa com vacinação, o Amazonas sai em busca do reconhecimento internacional da Organização Mundial de Sanidade Animal (OIE), previsto para maio deste ano.

Durante a reunião, as metas foram definidas com base no convênio em vigor, sob o n° 839205/2016, registrado no Sistema de Convênios (Siconv), visando o apoio à reestruturação e implementação do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa).

De acordo com o diretor-presidente da Adaf, médico veterinário Sergio Muniz, o apoio desse convênio vem proporcionar um Sistema de Atenção Veterinário adequadamente estruturado e com cobertura total do território estadual.

Em busca do status internacional – O plano do Mapa visa garantir o abastecimento nacional com alimentos de qualidade, tendo em vista que atualmente o Amazonas se encontra em um novo cenário da pecuária.

Ainda segundo Sergio Muniz, o convênio vem garantir a aquisição de bens que permitirão aos técnicos agropecuários e médicos veterinários efetuarem com maior eficiência, o cadastramento e georreferenciamento de propriedades rurais, o deslocamento para realização de barreiras, fiscalização de eventos agropecuários, atendimento a suspeita de focos de doenças, vacinação assistida, vigilância de propriedades de risco e educação sanitária voltada para os produtores rurais, atendendo as recomendações do governador Amazonino Mendes e do secretário de Estado da Produção Rural (Sepror), José Aparecido dos Santos.

Investimento – Durante a reunião, o diretor-presidente da Adaf ressaltou a importância da parceria entre o Governo do Amazonas e o Governo Federal. O convênio, no total de R$ 1.310.001.05 vai proporcionar um plano de trabalho na execução das ações para o fortalecimento do Sistema de Defesa Agropecuária no Estado do Amazonas.

“Com aplicação do recurso desse convênio, vamos fortalecer ainda mais o serviço de defesa agropecuária do Estado do Amazonas. Vamos chegar à totalidade territorial do Estado. Isso demonstra também o compromisso da Adaf e do novo Governo do Amazonas, que tem dado atenção especial ao setor primário”, comentou Muniz.

Para o agente de atividades agropecuárias do (Mapa/SFA), Joequison Kipert, o convênio vai contribuir e incentivar o desenvolvimento agropecuário do Estado por meio das ações definidas entre a Adaf e o Mapa. Segundo ele, com a proposta de desempenhar as atividades voltadas para defesa e sanidade agropecuária. “O convênio vem incentivar o incremento e o desenvolvimento agropecuário do Estado do Amazonas. Além disso, incentiva as políticas públicas voltadas à sociedade e especialmente para os produtores rurais”, comentou.

Fonte – Secom

Deixe uma resposta