No Paraguai é constituída primeira cooperativa indígena

Notícias

A reunião ocorreu na Colonia Yalve Sanga, distrito de Loma Plata, onde os representantes de cada uma das instituições explicaram os benefícios e os requisitos para a formalização da cooperativa.

Edwin Reimer, presidente da Fecoprod, disse que é para estabelecer as bases para que o sistema cooperativo inclua comunidades étnicas, excluindo nenhuma. “Deve ser uma reforma da legislação cooperativa para atender às necessidades de diferentes comunidades, assim trará mais crescimento social e económico do país”, disse o representante da organização que reúne cooperativas de produção do país.

Ele também se referiu aos papéis para a sociedade, tanto o regulador de cooperativas, como o INDI, salientou que a INCOOP tem o dever de formular projectos, planos e programas que visam o fortalecimento e disseminação do cooperativismo e encaminhar que a nova cooperativa seria uma das cooperativas de médio porte mais sólidas do país.

Por sua vez, o presidente do INCOOP, Hernán Jimenez, disse que ficou surpreendido com o projeto e enfatizou que, através do cooperativismo, poderia ser feito muito mais.

 

Fonte – La Nación

 

Deixe uma resposta