Prefeitos da região do Bico do Papagaio em Tocantins participam de Fórum para o Desenvolvimento Econômico

Notícias

Prefeitos do Bico do Papagaio destacaram que o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Tocantins em Araguatins foi uma importante contribuição do Governo para fortalecer o extremo norte do Estado, uma vez que se propõe a promover o desenvolvimento da economia regional. O Fórum, iniciado na quinta-feira, 19, foi encerrado nessa sexta, 20, com a presença do governador Marcelo Miranda.

Uma iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e
Cultura (Seden) e de parceiros, o evento está sendo realizado em todas as regiões do Tocantins.
“Criamos, aqui, mais uma oportunidade para aproximar o Governo do Estado dos municípios para que
pudéssemos conhecer os projetos nos quais os prefeitos estão envolvidos neste início de mandato e, a
partir das demandas elencadas, identificar como o Governo pode contribuir para que alcancem seus
objetivos”, enfatizou o secretário Alexandro de Castro.

Presente ao evento, o presidente da União Intermunicipal do Bico do Papagaio (Unbip) e prefeito de
Axixá, Damião Castro, avaliou positivamente o Fórum e enfatizou o apoio do Governo. “O Bico do Papagaio é uma região muito populosa, mas muito carente, e a gente vê essa necessidade. O secretário e o governador estão de parabéns por trazer este evento para tentar ajudar a desenvolver a nossa região. Nós, prefeitos, que estamos na luta por desenvolvimento, estamos muito felizes com esse apoio”, disse.

Para o presidente da Unbip, no momento, os principais gargalos da região estão relacionados à moradia e ao emprego. “Nós precisamos trazer incentivos para que venham indústrias e comércios para a nossa
região, para que nós consigamos dar emprego à população”, analisou.

Prefeito de Araguatins, sede do evento, Cláudio Santana enfatizou a aproximação entre Estado e
municípios, proporcionada pelo evento. “É um Fórum que veio discutir os problemas da nossa região. As
prefeituras de todos os municípios estiveram representadas, o que nos deu oportunidade para mostrar, ao governador, o nosso cenário, para que possamos buscar alternativas para resolver as demandas,
principalmente na questão da segurança, do emprego e da renda das pessoas”, disse, parabenizando o
gestor da Seden pela iniciativa.

Para o secretário de Assuntos Institucionais de Araguatins, Marcio José Carneiro Santana, o Fórum levou
formação para os secretários, especialmente no que diz respeito à programação dos workshops realizados pelas superintendências de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Cultura da Seden.

“Nessas discussões, nós entendemos como criar mais oportunidades e dar prioridade para estas
atividades, enxergando tais áreas como meios para fortalecer a economia das cidades. Isso foi benéfico
para que a gente tenha uma visão mais ampla”, disse Marcio Santana. Agora, analisou o secretário, é
importante que sejam criados espaços que proporcionem, aos municípios, conhecer onde encontrar recursos para desenvolver os projetos que forem identificados.

Outras edições

Antes do Bico do Papagaio, o Fórum foi realizado no sul do Tocantins (Gurupi), entre os dias 31 de
agosto e 1º de setembro; e no centro-norte (Guaraí), nos dias 23 e 24 de maio. As próximas edições
serão realizadas na região sudeste, em Dianópolis; e norte, em Araguaína.

Parceiros

Foram parceiros, nesta edição, Federação da Indústria do Estado do Tocantins (Fieto), Serviço
Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação do Comércio de Bens, Serviços e
Turismo do Estado do Tocantins (Fecomércio), Federação das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedor Individual do Tocantins (Femicro), Federação das Associações Comerciais e industriais do Estado do Tocantins (Faciet), Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado do Tocantins (Sescoop), prefeitura municipal de Araguatins e Associação Comercial do município; Instituto Federal do Tocantins (IFTO); e Sistema Nacional de Empregos (Sine).

 

Fonte – Governo de Tocantins

Deixe uma resposta