Produtos orgânicos fazem parte da alimentação dos alunos da rede estadual de ensino em Manaus

Notícias

Para assegurar uma alimentação mais saudável nas escolas, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) garante a inclusão de produtos da agricultura familiar na merenda de alunos de toda a educação básica matriculados na Rede Pública de Ensino.

No Amazonas é usado o Programa de Regionalização da Merenda Escolar, a execução acontece em parceria entre a Secretaria de Educação com a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), responsável pela contratação de cooperativas regionais e repasse rotineiro dos itens alimentícios às escolas do Estado.

Para que a qualidade alimentar chegue aos estudantes o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) que realiza investimentos beneficiando os estudantes, favorecendo ainda produtores e cooperativas agrícolas regionais, uma vez que a garantia da comercialização gera emprego e renda.

A merenda regionalizada nas escolas públicas estaduais do Amazonas teve inserido 23 produtos orgânicos no cardápio. O número representa mais de 50% da merenda regionalizada, que conta, ao todo, com 42 itens.

A gestora Regilene Rocha, da Escola Estadual Isaac Benayon Sabá, no bairro São Jorge, Zona Oeste da capital, destaca que o cuidado com o preparo e conservação dos alimentos servidos na merenda resulta em um cardápio variado e criativo, que conquistou o paladar das crianças e que os pequenos, já entendem a importância de optar pelo consumo de produtos naturais.

O PREME no Amazonas, conta com mais de 600 produtores credenciados, entre associações, cooperativas, agroindústrias e produtores individuais em 36 municípios.

Fonte – Redação Coopnews – com informações da Secom

Foto – Divulgação