Programa CNA Jovem em Brasília recebe a participação de representantes do Amazonas

Notícias

Uma imersão em busca da inovação. Assim pode ser resumido o último fim de semana para os amazonenses Jean Mendes, do município de Boa vista do Ramos, Jeremias Nery, de Autazes e rodrigo Guimarães, de Manaus. Eles integram a rede CNA Jovem e, entre os dias 4 e 6 de agosto, participaram, em Brasília, da edição especial do CNA Jovem, programa que desde 2014, prepara líderes para o setor agropecuário.

Em uma oficina de inovação que durou dois dias, eles e os outros 57 participantes do evento foram desafiados a projetar estratégias e apresentar soluções inovadoras para resolver problemas do setor agropecuário, nas mais variadas áreas.

Antes de irem à Brasília para a oficina de inovação, eles foram a campo levantar as necessidades dos produtores rurais. Fizeram entrevistas com produtores pra saber quais os principais problemas enfrentados.

O tecnólogo em aquicultura, Jean Mendes (29), explicou que, durante o encontro, os jovens foram divididos em seis grupos e cada grupo recebeu um desafio para ser solucionado através da inovação. “O desafio do meu grupo girou em torno de apresentar soluções para engajar o produtor rural de modo que ele possa alcançar representatividade em diversas áreas como sindicatos, entidades, etc.”, contou.

Para Jean, o objetivo das propostas levantadas por todos os grupos como resposta aos desafios, é deixar para a CNA, sementes para novos projetos. “É bom saber que nós, como jovens líderes, podemos estar engajados dentro desse processo de desenvolvimento do agro realizando junto com o Sistema aquilo que mais esperamos que é ver o segmento crescer”, avaliou.

Para o estudante de administração, Jeremias Nery (26), o programa CNA Jovem, como um todo, é uma experiência transformadora na busca de soluções para um Brasil rural mais justo e sustentável. “Representando o Sistema do meu Estado (FAEA/SENAR-AM/FUNDEPEC-AM)vivenciei uma das experiências mais transformadoras de minha vida, que foi de ter a missão de em conjunto, de forma coesa, criativa e inovadora, encontrar uma solução viável para que nossos produtores e seus sucessores tenham uma participação mais ativa na política, quer seja na esfera municipal, estadual ou federal, fazendo valer de fato sua liderança na esfera desses três poderes, com compromisso pleno com o setor, compromisso com o Brasil”, resumiu.

Já para o engenheiro agrônomo, Rodrigo de Souza Guimarães (32), o encontro foi importante, pois ensinou uma nova metodologia para buscar inovação. “Estamos voltando para o Amazonas com o sentimento fortalecido de que nós (jovens) somos importantes para o setor e, pela inovação, podemos ter a chave para solucionar problemas e atender demandas do nosso segmento”, destacou.

O programa

Desde 2014, o SENAR desenvolve o programa CNA Jovem preparando líderes para o setor agropecuário. Ao todo, mais de 500 jovens participaram das duas edições nacionais do programa e das etapas estaduais. Eles são inseridos em discussões relevantes para o Brasil e desenvolvem trabalhos de liderança empreendedora.

Fonte – Faea

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta