Sedap no Pará discute políticas públicas para o setor rural nos municípios

Notícias

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) vai iniciar uma rodada de reuniões técnicas nos municípios para levantar as demandas específicas do setor rural de cada região e definir políticas públicas para o desenvolvimento da agricultura, aquicultura, pecuária e da pesca, a partir das necessidades apontadas pelos produtores.

As reuniões vão começar por cidades das regiões do Baixo Amazonas e do sudoeste paraense. As duas primeiras estão marcadas para esta quinta-feira, 19, em Santarém, pela manhã, e em Belterra, pela parte da tarde. Os encontros vão contar com a presença do titular da Sedap, Giovanni Queiroz, e do secretário adjunto, Afif Jawabri, além de diretores da secretaria e de técnicos da Emater. A ideia é reunir vereadores, representantes das prefeituras, de cooperativas e associações, de sindicatos de produtores e de trabalhadores rurais, para discutir ações.

Na sexta-feira, logo no começo da manhã, às 8h30, ainda em Santarém, a equipe da Sedap vai aproveitar para visitar a II Feira da Agrobiodiversidade e Segurança Alimentar do Oeste do Pará, organizada em parceria entre a Emater, Sedap e prefeituras municipais. Durante a visita serão assinados termos de cooperação e entregues equipamentos agrícolas.

Nesta primeira rodada de reuniões também estão programados encontros nas cidades de Mojuí dos Campos, Itaituba, Trairão, Novo Progresso e no distrito de Castelo dos Sonhos, em Altamira.

O secretário Giovanni Queiroz vai aproveitar os encontros para também conversar com os produtores rurais sobre a importância de aderirem às vantagens oferecidas pela Lei 13.340 para quitação e negociação de financiamentos contratados com recursos do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Norte (FNO) até 31 de dezembro de 2011. “A inadimplência dos produtores rurais hoje é um entrave para a contratação de novas operações de crédito e as condições oferecidas para a renegociação são excelentes”, afirma o secretário.

A lei 13.340 oferece aos produtores rurais a possibilidade de quitar o financiamento com um desconto de até 85% no valor total da operação ou renegociar o principal com juros baixos – entre 0,5% e 3,5% – e ainda três anos de carência e dez anos para pagamento do valor negociado. O prazo para a concessão de benefícios se encerra no dia 29 de dezembro.

 

Fonte – Sedap

Deixe uma resposta