Macacos da Amazônia estrelam novo jogo online do Instituto Mamirauá

Variedades

Cada macaco tem um jeito e também “a sua turma”. Na Amazônia, onde vivem cerca de 60% de todas as espécies de primatas da América do Sul, existe um número enorme de primatas para se conhecer. O Instituto Mamirauá apresenta cinco dessas espécies em seu mais novo jogo eletrônico, “Qual macaco seria seu melhor amigo?”. São elas o macaco-prego, uacari-branco, macaco-aranha, guariba e o macaco-de-cheiro-de-cabeça-preta. O jogo, recém-lançado, foi financiado pela Fundação Gordon and Betty Moore e está disponível de forma gratuita em: http://www.mamiraua.org.br/primatas

Feito para o público infanto-juvenil, Qual macaco seria seu melhor amigo? é um jogo de perguntas. Com base em questões como “Seus amigos são curiosos?” e “Eles comem mais frutas ou verduras?”, os jogadores aprendem mais sobre os hábitos dessas espécies amazônicas. Ao final do quiz, as crianças e adolescentes vão descobrir qual dos animais seria um parceiro ideal de aventuras!

Além do entretenimento, o jogo propõe uma forma diferente de conhecer temas da biologia, como comportamento e morfologia, de uma forma leve e interativa. “Qual macaco seria seu melhor amigo?’ faz parte da divulgação de pesquisas do Instituto Mamirauá em primatologia, o estudo dos primatas. Unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o instituto tem uma longa tradição em investigações sobre primatas na Amazônia, com destaque para espécies como o uacari-branco e o macaco-de-cheiro-de-cabeça-preta.

Jogo estreou em exposição interativa

Em maio, o jogo eletrônico teve sua estreia oficial no evento “Expedição Macacos do Médio Solimões”. Realizado durante os dias 7 e 11, no Manauara Shopping, o evento atraiu centenas de pessoas na capital do Amazonas, interessadas em saber mais sobre a riqueza de macacos nessa parte da Amazônia.

Durante a “Expedição Macacos do Médio Solimões” também foi divulgada uma campanha de financiamento coletivo do Instituto Mamirauá para a conservação do macaco-de-cheiro-de-cabeça-preta (Saimiri vanzolinii), uma das estrelas do jogo eletrônico. Primata com menor distribuição entre todas espécies nas Américas, o pequeno Saimiri corre risco de extinção. Saiba mais sobre a campanha, acessando o site.

Fonte – Mamirauá

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta