Ministro da Defesa vai a Tefé (AM) para participar do aniversário de 25 anos de instalação da Brigada das Missões

Variedades

Na próxima sexta-feira (9), o Ministro de Estado da Defesa, General de Exército Silva e Luna, desembarcará em Tefé (AM) para participar do aniversário de 25 anos de instalação da 16ª Brigada de Infantaria de Selva (16ª Bda Inf Sl), “Brigada das Missões”, em Tefé, e conhecer os resultados das operações realizadas em 2018. O Gen Silva e Luna comandou a 16ª Bda Inf Sl no período de abril de 2002 a abril de 2004.

Ao total, foram realizadas 31 operações no alto e médio Solimões desde o mês de janeiro, com destaque para a apreensão de quase seis toneladas de drogas. Esta unidade, além das missões constitucionais, tem a previsão legal de combater e coibir crimes transfronteiriços, como agressões ao meio ambiente, biopirataria, narcotráfico, contrabando e garimpo clandestino.

Além do Ministro da Defesa, estarão presentes o Comandante Militar da Amazônia (CMA), General de Exército César Augusto Nardi de Souza, o Comandante Militar do Norte, General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, o antigo Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General de Exército José Elito Carvalho Siqueira, e mais quatro generais do Exército Brasileiro, ex-comandantes da 16ª Bda Inf Sl, General de Exército Renato Joaquim Ferrarezi, General de Divisão Carlos Roberto de Souza Peixoto, General de Divisão Racine Bezerra Lima Filho e General de Brigada Édson Skora Rosty, atual Chefe do Estado-Maior do CMA, e o Comandante da Brigada das Missões, General de Brigada Cristiano Pinto Sampaio.

A atividade ocorrerá em decorrência dos 25 anos de instalação da 16ª Brigada de Infantaria de Selva em Tefé, e 47 anos de criação da Brigada das Missões. Na ocasião, também será realizada uma formatura comemorativa e a inauguração de um espaço cultural, que contará a história da Brigada. O espaço será uma homenagem ao General de Brigada Geraldo Luiz Nery da Silva, primeiro Comandante da 16ª Bda Inf Sl, de janeiro de 1993 a fevereiro de 1994.

Em 25 anos de atuação no Médio e Alto Solimões, a Brigada das Missões reforça sua presença na região amazônica, sendo responsável por uma área de 466.000 km2, que abrange 17 municípios do Amazonas: Tefé, Fonte Boa, Coari, Japurá, Maraã, Uarini, Alvarães, Juruá, Carauari, Jutaí, Tabatinga, Benjamin Constant, Atalaia do Norte, São Paulo de Olivença, Amaturá, Tonantins e Santo Antônio do Içá. Além disso, marca os limites da fronteira com a Colômbia e com o Peru, na destacada atuação dos Pelotões Especiais de Fronteira (PEF): Palmeiras do Javari (1º PEF), Ipiranga (2º PEF), Vila Bittencout (3º PEF) e Estirão do Equador (4º PEF).

A Brigada das Missões tem como lema a UNIÃO, FORÇA, CORAGEM e DETERMINAÇÃO, e se caracteriza por estar sempre alerta, 24 horas por dia, 7 dias por semana, de modo que o serviço de resguardar a fronteira nunca para.

Breve histórico da Brigada das Missões

Em 30 de março de 1992, foi desencadeado o processo de transferência da Brigada das Missões, de Santo Ângelo (RS) para a Região Amazônica. Por Decreto Presidencial, de 08 de julho de 1992, foi desativado o Comando da 16ª Bda Inf Mtz, em Santo Ângelo, e reativado em Tefé (AM), naquela mesma data, com a denominação de Comando da 16ª Bda Inf Sl, sendo esse subordinado diretamente ao Comando Militar da Amazônia.

A transferência da Brigada da Região Sul para a Região Norte deu-se em duas fases: a primeira constituiu-se no deslocamento do Escalão Avançado para a cidade de Manaus(AM), onde, no dia 23 de abril de 1993, o Comando da Brigada instalou-se, em caráter transitório, nas dependências do 2º Grupamento de Engenharia de Construção. A segunda fase caracterizou-se pelo deslocamento definitivo para o seu destino final, a cidade de Tefé/AM, que ocorreu a partir do mês de maio daquele ano.

Atualmente, o Comando da 16ª Bda Inf Sl encontra-se instalado em um moderno Quartel-General e a Brigada está constituída da seguinte forma: Comando de Fronteira Solimões/8º Batalhão de Infantaria de Selva (CFSol/8°BIS), em Tabatinga/AM, e 17º Batalhão de Infantaria de Selva (17º BIS), 16ª Base Logística de Selva (16ª Ba Log Sl), Companhia de Comando da 16ª Brigadad de Infantaria de Selva (Cia C/16ª Bda Inf Sl), 16º Pelotão de Comunicações de Selva (16º Pel Com Sl) e 34º Pelotão de Polícia do Exército (34º Pel PE), em Tefé (AM).

Na história do Exército Brasileiro, tem sido comum a transformação e transferência de sede de organizações militares. Tais eventos, que envolvem uma gama variada de providências nos diversos campos da administração são motivados, via de regra, por objetivos estratégicos ou estruturais.

Fonte – 16ª Brigada de Infantaria de Selva

Foto – Divulgação