Ufam será palco do 1º Fórum sobre Cultura e Ciência do Amazonas nos dias 28 e 29 de maio

Variedades

Com o tema `Novos caminhos para o desenvolvimento do Amazonas´, a Universidade Federal do Amazonas recebe nos dias 28 e 29 de maio o 1º Fórum de Cultura e Ciência do Amazonas. O evento é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e marca a parceria do órgão com a Ufam e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em prol do desenvolvimento de ações culturais na capital e interior do Estado.

A programação do evento será no auditório Rio Amazonas, da Faculdade de Estudos Sociais da Ufam, na Faculdade de Artes (Faartes), e no Bloco Mário Ypiranga Monteiro, todas no setor Norte do Campus, e contará com grupos de trabalho e debates sobre ciência e projetos culturais, com o objetivo de coletar ideias para futuras ações conjuntas. O Fórum será aberto aos docentes e discentes das universidades, artistas, produtores e gestores culturais e demais interessados na temática proposta. Os interessados podem se inscrever, gratuitamente, até o dia do evento por meio do site . Haverá certificado para os participantes. Confira a programação.

Grupos de Trabalhos

Entre as atividades do Fórum, destacam-se os Grupos de Trabalho propostos pelas entidades. A Ufam comandará os GTs “Arte, Cultura e Acessibilidade”, que será mediado pelo professor Renato Antônio Medeiros Pinto; “Formação Continuada em metodologias do ensino das Artes (Música, Artes Visuais, Teatro e Dança)”; mediado pela professora Rosemara Staub de Barros/FAARTES; “Capacitação em organização de arquivos e bibliotecas”, com mediação do professor Raimundo Martins de Lima/FLIC e “Literatura e Teatro”, com o professor Saturnino Valladares/FLIC.

A UEA atuará nas temáticas “Cultura e seu Financiamento”, com mediação do professor Fabio Carmo Plácido dos Santos; e “Formação e Consolidação de Grupos Artísticos”, mediado pelo professor Jhon Weiner de Castro.

A SEC oferecerá cinco grupos de trabalho: “Economia e Cidades Criativas”, mediado por Karla Colares, administradora especialista em Economia Criativa; “Gestão e Produção Cultural”, com mediação do Diretor dos Centros Culturais da SEC, Taciano Soares; “Patrimônio: Restauro, Conservação e Imaterialidade”, mediado por Regina Lobato, Diretora de Patrimônio da SEC, Judeth Costa, gerente do Ateliê de Restauro e Marcia Tribuzy, licenciada em Música; “Tecnologia e Inovação”, pela Engenheira da Computação Rhullyanna Magalhães; e “Territorialidades: outras frentes para cultura”, por Francis Madson, mestrando em Teoria, História e Crítica da Cultura.

Fonte – Ufam

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta