Ciência, arte e música encerram Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Inpa

Ciência e Tecnologia

Nesta sexta-feira (23), a partir das 16 horas, a roda de conversa “Ciência, arte e os caminhos da sustentabilidade” encerrará as atividades do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) na 17° Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). O tema do deste ano da SNCT é Inteligência Artificial – a nova fronteira da ciência brasileira.

O evento acontecerá em formato virtual com transmissão ao vivo e terá uma roda de conversa acompanhada de intervenções musicais e artísticas.

As pesquisadoras do Inpa Noemia Kazue Ishikawa e Ana Carla Bruno se unem ao artista Adenildo Soares da Silva, popularmente conhecido como Denis LDO, grafiteiro com trabalhos em Manaus que abordam temas como regionalismo, preservação do meio ambiente e cultura amazônica.

Os três convidados discutirão a relação entre ciência e arte e como as duas linguagens podem se complementar. Também serão provocados a comentar qual a importância da arte na sensibilização ambiental e a relação entre arte urbana e os povos da floresta.

Nos intervalos da conversa, o público poderá conhecer as músicas da banda Arawak, que tem o propósito de promover a educação ambiental por meio de suas composições. Seu repertório é uma homenagem a floresta, rios, animais e a cultura amazonense.

Simultânea à programação, a artista plástica Hadna Abreu buscará inspiração para produzir, ao vivo, uma obra com o tema “Os caminhos da sustentabilidade”. Hadna é artista visual atuante na cidade de Manaus e já expôs nas principais galerias da capital amazonense e também participou de exposições em São Paulo (SP) e Salvador (BA). O contexto social e cultural é a sua maior inspiração.

A mediação do sarau ficará a cargo de Gabriel Verçoza, mestre em Zoologia e bolsista do Inpa. Gabriel é mestre em zoologia e, além da paixão pela ciência, é apaixonado pelo manguebeat, ritmo originado em seu estado natal, Pernambuco. Ele atua com sensibilização ambiental comunitária desde 2014 e pela democratização e descolonização da ciência, pesquisando história natural dos peixes elétricos.

A transmissão do sarau ocorrerá pelo canal do Inpa no YouTube /AscomInpa e nas páginas e Facebook do Inpa (/inpa.mctic) e Bosque da Ciência (/bosquedaciencia.inpa).

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

Deixe uma resposta