Fiocruz Amazônia publica terceira nota técnica sobre a situação epidemiológica do AM

Ciência e Tecnologia

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) e o Observatório Fiocruz Covid-19 divulgam nesta terça-feira, 10/11, a terceira nota técnica sobre o comportamento da epidemia de Covid-19 no Amazonas, tendo como principal indicador a taxa de incidência dos casos notificados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com enfoque nas macrorregiões do estado e regionais de saúde, até a quadragésima semana epidemiológica, de acordo com dados do sistema Sivep-gripe da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS).

A nota técnica é resultado de análise feita pelos pesquisadores Bernardino Albuquerque, Carlos Machado de Freitas, Christovam Barcellos, Daniel Antunes Maciel Villela, Fernando Herkrath, José Joaquín Carvajal Cortés, Leonardo Soares Bastos, Marcelo Ferreira da Costa Gomes, Margareth Crisóstomo Portela, Sérgio Luiz Bessa Luz e Valcler Rangel Fernandes, do ILMD/Fiocruz Amazônia e do Observatório Fiocruz Covid-19

O estudo mostra a evolução do processo epidêmico nos diferentes recortes espaciais, permitindo a elaboração de hipóteses para os diferentes comportamentos de curvas epidêmicas, oferecendo ainda evidências de sua continuidade a curto e a longo prazos.

Os pesquisadores alertam para a necessidade de ampliação da vigilância laboratorial para suporte à adequação dos serviços de saúde e atenção aos pacientes portadores de SRAG, especialmente diante da aproximação do período de maior receptividade à circulação de vírus respiratórios, o inverno amazônico.

Leia a nota técnica na íntegra.

Com a nota, os pesquisadores reafirmam o compromisso da Fiocruz com a vida, com o Sistema Único de Saúde e com a saúde da população do Amazonas.

 

 

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

Deixe uma resposta