Adepará investe em tecnologia para maior eficiência da gestão de recursos

Ciência e Tecnologia

A partir desta segunda-feira (15), a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) passa a dispor de mais eficiência em seus tramites administrativos, por meio da tecnologia. Pautada nos conceitos de inovação e eficiência, a Agência aderiu ao sistema de Cartão de Suprimento de Fundos, permitindo aos servidores de todos os municípios do Pará, o acesso aos suprimentos de fundos, por meio de crédito em cartão, em qualquer caixa do Banpará.

“Com o cartão nós vencemos as dificuldades geográficas, podemos dizer que sim. É uma inovação que traz eficiência à gestão de recursos da instituição. Uma conquista de todos”, avalia Ykaro Martins, colaborador da Gerência de Contabilidade.

Para a servidora, Sandra Pereira da Silva, gerente Regional de São Geraldo do Araguaia, localizado a 549.75 km da capital, a tecnologia encurtou distancias: “Hoje (15) tive a facilidade de usar o cartão e como gerente regional de São Geraldo do Araguaia foi um avanço muito importante proporcionado pela Adepará”.

“Antes, era muito difícil para nós, gerentes, pois a ordem bancária chegava através de malotes dos correios, atrasava bastante e quando chegava tínhamos que correr contra o tempo para não perder o prazo para prestação de contas, ou quando chegava vencida tinha que pedir prorrogação do prazo. Hoje, com cartão a palavra é gratidão para toda equipe que está desenvolvendo um excelente trabalho pensando também em nós aqui da ponta, muitíssimo obrigada”, agradeceu a gerente, Sandra Silva.

Tecnologia – Pautada nos conceitos de Tecnologia e Inovação, a Adepará vem buscando ferramentas que possibilitem levar aos servidores melhores condições de trabalho, a fim de cumprir sua missão institucional que é a Defesa Agropecuária. Pensando nisso, o diretor-geral, Jamir Macedo, assinou o termo de cooperação técnica com o Banco do Estado do Pará (Banpará), no último dia 12, quando foram concedidos os primeiros suprimentos de fundos por meio de crédito em cartão.

Com a nova ferramenta os suprimentos de fundos, anteriormente concedidos por meio de Ordem Bancária (OB), passam a ser disponibilizados diretamente nos cartões, permitindo o saque imediato, após a disponibilização do crédito pela gerência de execução financeira. Dessa forma, o novo procedimento proporciona mais agilidade e segurança às transações.

Segurança – Um dos principais benefícios da nova modalidade de concessão é a possibilidade de saques em caixas eletrônicos, tornando desnecessário enfrentar filas para atendimentos “na boca do caixa”, o que em tempos de pandemia poderia incorrer em riscos aos servidores da instituição.

Além da redução de riscos biológicos, a utilização de cartões aumenta a segurança para o suprido, haja vista que os saques são efetuados por meio de senha individual e intrasferível, ao qual o próprio suprido pode cadastrar em aba do sistema no site do Banpará, utilizando seu login e senha, recebidos após prévio cadastramento junto à Gerencia de Contabilidade.

Para Ykaro Martins, a ferramenta traz inúmeros benefícios aos servidores e dá celeridade aos processos administrativos da Agência: “Sempre houve um hiato entre o ato de concessão e o efetivo saque por parte dos supridos, primeiro porque a OB é um documento que demanda de atendimento presencial em uma agencia Banpará, segundo por questões de logística, uma vez que além de demandar de assinaturas físicas de dois ordenadores de despesas, a OB precisava atravessar distâncias relativas até chegar ao suprido, estamos falando de um documento ser entregue de Belém a (município) Novo Progresso, por exemplo”, ponderou ele.

 

 

Fonte – Agência Pará

Foto – Divulgação

 

Deixe uma resposta