Como ler os backups de conversas no WhatsApp como se estivesse no app?

Ciência e Tecnologia

O WhatsApp continua ser o aplicativo de mensagens líder para Android e iPhone há muitos anos. Se você já é usuário há muito tempo, talvez já tenha desejado revisar algumas daquelas conversas antigas que salvou como cópias de backup.

O problema é que os backups do WhatsApp não foram feitos para serem vistos por si próprios. O principal – e talvez o único – objetivo deles é servir de backup para quando você quiser restaurar uma conta ou quando mudar de telefone.

Os arquivos resultantes após um backup são textos simples que podem ser muito difíceis de acompanhar. Além disso, não possuem nenhum formato que indique onde havia uma foto ou adesivo, pois são salvos como imagens separadas.

A partir de 2016, o WhatsApp usa criptografia ponta a ponta, então não é mais possível usar muitas das ferramentas com as quais uma conversa salva poderia ser lida de forma legível (como Texto de Backup para WhatsApp). Felizmente, existem alternativas semelhantes que podem nos dar quase o mesmo resultado.

Como ler backups do WhatsApp?

Uma das maneiras mais práticas de ler o histórico do WhatsApp de maneira compreensível é usar um visualizador online gratuito. Aqui, ensinaremos a você as etapas para usar o Visualizador de bate-papo. Basta seguir este método:

No WhatsApp, vá para a conversa que deseja ver

Toque nos três pontos (canto superior direito) e depois em exportar chat

Escolha se deseja incluir arquivos multimídia, como fotos, vídeos, adesivos, mensagens de voz, etc.

Envie o arquivo para você mesmo para vê-lo em seu PC (pode ser sua conta do Gmail ou Google Drive)

Baixe o arquivo para o seu PC e abra o navegador de sua preferência (Chrome, Firefox, Edge, etc.)

Copie e cole este url na barra de endereço: https://overbits.herokuapp.com/chatviewer/

Clique em selecionar arquivo e encontre o bate-papo do WhatsApp que você salvou.

Escolha o nome de cada participante e voila, você poderá ver a conversa em um formato quase idêntico ao do WhatsApp.

 

 

Fonte – Informe Brasil

Foto – Divulgação

 

Deixe uma resposta