Ensino online cresce, com assuntos e temas diversificados

Ciência e Tecnologia

As restrições dos últimos anos e o contínuo avanço da tecnologia trouxeram grandes mudanças em diversos setores, e muitos desses mercados tiveram que se reinventar, o mercado da educação online ou e-learning é um exemplo. Estima-se que esse mercado chegue a valer 305 bilhões de dólares em 2025, segundo o Global Industry Analysts.

De acordo com a Unesco, mais de 1,5 bilhão de estudantes foram afetados ou estão sofrendo com o fechamento de escolas ou universidades. Com essa situação completamente inesperada a indústria da educação se viu perante um enorme desafio e esforços foram dispensados para encontrar soluções para serem aplicadas não só na educação digital, como também dirigidas à área corporativa.

O e-learning nada mais é do que um processo de aprendizado por meio de tecnologias e recursos eletrônicos. Com a internet de alta velocidade a demanda aumentou e a procura por cursos de formação diversificada, oferecidos por instituições espalhadas pelo mundo, se tornou uma alternativa viável para a qualificação individual.

Ele se utiliza das chamadas plataformas LMS (Learning Management System), que gerenciam o aprendizado. Essa tecnologia simula uma sala de aula, onde seus alunos, além de adquirir conhecimento, podem conversar por chat com seus colegas e participar de fóruns.

A procura por cursos online dos mais variados temas em decorrência disso cresceu vertiginosamente. Os programas oferecidos pelas plataformas online abrangem uma ampla gama de usuários. Eles englobam cursos técnicos, formação profissional, cursos superiores, de tecnologia como a Codecademy, uma plataforma interativa online que oferece aulas gratuitas e pagas de codificação em linguagens de programação, cursos de pós-graduação ou MBAs 100% online – como os oferecidos por instituições de renome no Brasil e no mundo -, e também plataformas especializadas no ensino de idiomas, como a Preply.

A Preply, por exemplo, é uma plataforma que oferece aulas de inglês online, com mais de 5 milhões de alunos ativos. O aluno tem a possibilidade de escolher um professor particular de qualquer nacionalidade dentre os mais de 170.000 inscritos no site. Além disso, ele pode escolher um preço que seja acessível ao seu orçamento, já que cada professor divulga na própria plataforma o valor de suas aulas. Estão disponíveis não só professores de inglês como também de francês, alemão, árabe, espanhol, chinês e vários outros idiomas.

As inúmeras vantagens do e-learning

Uma das grandes vantagens do e-learning é a flexibilidade na aprendizagem. O aluno pode ter acesso ao curso no horário em que seja mais conveniente, sem ter de interromper seu trabalho ou rotina diária. Os valores cobrados também são mais acessíveis do que um curso presencial, sem contar com os gastos de locomoção, que são eliminados.

Outro fator de grande importância é que o ensino pode ser personalizado de acordo com o ritmo de cada aluno, sem que seja necessário que ele se preocupe em acompanhar uma turma.

Inúmeras administrações governamentais ao redor do mundo e importantes organismos não têm poupado esforços para oferecer aos usuários do sistema e-learning as tecnologias necessárias para apoiar ainda mais a educação a distância. O costume também já é adotado por novas gerações, que não têm problemas com aulas online e até aprender usando as redes sociais e outras ferramentas digitais.

Até mesmo a área de assistência médica tem sido beneficiada através da Organização Mundial da Saúde (OMS) que tem fornecido treinamento digital aos profissionais de saúde com respeito à prevenção e controle de muitas doenças.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

 

Deixe um comentário