Inscrições abertas para mostra virtual de teatro em miniatura

Cultura

Estão abertas as inscrições para a primeira edição de “O lado de Dentro: Mostra Virtual de teatro em miniatura”, promovida pelo Coletivo Experimental de Teatralidades (Ceta). A iniciativa foi contemplada pelo edital Prêmio Feliciano Lana, realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, como parte das ações da Lei Aldir Blanc no Estado.

Inspirada nas tradicionais apresentações feitas no Nordeste, por meio do “lambe-lambe” – uma das vertentes do teatro de animação, em que as histórias são apresentadas dentro de um espaço reduzido –, a mostra selecionará 14 espetáculos virtuais voltados para a área de teatro em miniatura.

Para participar, basta acessar o site , ler as regras do edital e preencher o formulário. As inscrições são gratuitas. Entre os critérios de participação estão a obrigatoriedade de residência nos estados que compõem a região Norte, ter um projeto na linguagem especificada no edital e ser maior de 18 anos. O espetáculo em formato digital poderá ser inédito ou já publicado.

De acordo com Íris Brasil, uma das artistas integrantes do coletivo, o processo de inscrição será feito de forma virtual até o dia 12 de março.

“Por conta da pandemia, pensamos na realização do projeto de uma forma virtual, com o isolamento, distanciamento e todas as medidas que devemos ter para o nosso bem-estar. Por isso também a mostra será totalmente transmitida pelo nosso canal do YouTube (Ceta em Cena)”, explica. “As propostas escolhidas serão contempladas com o valor de R$ 1 mil”.

O resultado estará disponível no dia 29 de março, nas redes sociais @cetaemcena, no Instagram, Facebook e Twitter.

Sobre o grupo – O Coletivo Experimental de Teatralidades (Ceta) surgiu em fevereiro de 2019 e busca acrescentar no cenário de pesquisa teatral na região. É formado por Iris Brasil, Karine Magalhães, Stephane Bacelar e Victor Lucas Oliver.

Iniciando o processo de pesquisa ainda dentro da academia, enquanto estudantes do curso de Teatro da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o grupo busca traçar uma trajetória de pesquisa para além da universidade.

 

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

 

 

Deixe um comentário