Artista urbano Alessandro Hipz dá início a mural de graffiti no Antigo Hotel Amazonas

Cultura

Uma imensa Guardiã da Amazônia de 300 m2 grafitada na lateral do Edifício Ajuricaba, antigo Hotel Amazonas, na rua Floriano Peixoto, Centro de Manaus. Essa é a proposta do artista visual e grafiteiro Alessandro Hipz, que começa a tarefa após ter seu projeto cultural aprovado no edital do Programa Cultura Criativa 2020, mais conhecida como Lei Aldir Blanc (Prêmio Feliciano Lana), uma parceria da União e governo do Amazonas.

O painel de 10 andares é um sonho antigo inspirado no movimento muralista do México e pretende colocar Manaus no circuito dos grandes murais artísticos, tão comuns nas grande metrópoles. Alessandro Hipz afirma que o conjunto de murais de cidades como São Paulo, Cidade do México e Nova York já se transformaram em atração turística. Como o edifício é alto, irei usar uma plataforma elevada, mais os equipamentos de segurança”, explicou.

Alessandro Hipz tem quase 20 anos de carreira. Hipz é conhecido no cenário Hip Hop por seus graffitis retratando personagens amazônicos. O artista que também é arte-educador realiza oficinas de arte urbana em diversas cidades do interior.

A arte de Alessandro Hipz pode ser encontrada em outros pontos da capital. Com a explosão de grafites na cidade, Alessandro também deixou a marca dele no viaduto localizado na avenida Álvaro Maia, próximo ao antigo Olímpico Clube.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

 

Deixe uma resposta