Obra de Verdi, ‘Il Trovatore’ estreia no 24º Festival Amazonas de Ópera

Cultura

Uma das montagens mais executadas nos teatros de ópera do mundo, “Il Trovatore”, estreia neste domingo (29), às 19h, no Teatro Amazonas. Em formato de concerto, o espetáculo faz parte da programação do 24º Festival Amazonas de Ópera, encerrando o cronograma de estreias.

A montagem “Il Trovatore”, do compositor italiano Guiseppe Verdi, tem a regência do maestro Luiz Fernando Malheiro no comando da Orquestra Amazonas Filarmônica e, no palco, artistas do Coral do Amazonas.

Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC), o festival de ópera apresenta ao público as obras clássicas do universo lírico, referenciando o Estado no roteiro de grandes espetáculos do gênero.

“O Festival Amazonas de Ópera, neste ano, se projetou no cenário internacional, o que reflete o grau de profissionalismo dos nossos artistas e na escolha certeira das óperas em cartaz”, afirma o titular da Secretaria, Marcos Apolo Muniz. “O amazonense também fez o seu papel, prestigiando o festival, lotando todas as sessões”.

A obra lírica

“Il Trovatore”, de Guiseppe Verdi, somada às óperas “Rigoletto” e “La Traviata”, compõe a chamada “trilogia verdiana”, conhecida como uma das obras líricas mais populares. A montagem aborda assuntos como vingança, vida cigana, bruxaria, poder e morte. Entre os personagens, Conde, Azucena, Manrico e Leonora, permeiam o drama inflamado por amor e ódio.

Acessibilidade

Neste domingo, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa também celebra 13 anos de atuação do setor de acessibilidade no Teatro Amazonas, com a opção de audiodescrição para deficientes de baixa visão.

A equipe de acessibilidade participa de todos os eventos no local, disponibilizando aparelhos que permitem o entendimento dos espetáculos. Segundo o gerente da Biblioteca Braille do Amazonas, Gilson Pereira, a partir de 2009, todas as edições do Festival Amazonas de Ópera e os Concertos de Natal tiveram a opção de acessibilidade.

“A primeira ópera com audiodescrição foi ‘Sansão e Dalila’. No mês seguinte, a ópera ‘Os Troianos’, com seis horas de duração, recebeu audiodescrição com equipe própria do Teatro Amazonas, formada por Laila Lopes, Douglas Porto, Sandra Amazonas e eu na consultoria. E nós não paramos mais”, destaca Gilson Pereira.

Na entrada do Teatro Amazonas, a equipe de acessibilidade da Secretaria de Cultura e Economia Criativa participa de todos os eventos no local, disponibilizando aparelhos que permitem o entendimento dos espetáculos.

Festival

O FAO segue até 31 de maio, na capital e interior. A programação conta com atrações gratuitas e, para as obras pagas, os ingressos estão à venda em www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.

Cinco óperas, recitais, concertos, workshop e encontro de economia criativa estão na agenda do evento. A programação inclui atrações no Teatro Amazonas, Teatro da Instalação, centros culturais Palácio da Justiça e Palácio Rio Negro e também no interior (veja programação completa). As estreias das óperas vão ser transmitidas pela TV Encontro das Águas e nas redes sociais da @culturadoam.

O FAO é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). O projeto, aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura, tem patrocínio master do Bradesco e patrocínio da Innova.

Bradesco e cultura

Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. Além do Teatro Bradesco, o banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros. O banco também mantém o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às iniciativas culturais que contam com o patrocínio da instituição. Visite em cultura.bradesco.

 

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe um comentário