Em Manaus, Festival Amazonas de Dança oferece oficinas e palestras gratuitas

Música

Até o próximo sábado (24/11), a oitava edição do Festival Amazonas de Dança (FAD) oferecerá uma programação pedagógica, com oficinas e palestras gratuitas. O festival é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), e as inscrições podem ser feitas no local das atividades.

Nesta quinta-feira (22/11), Kika Sampaio, diretora do Kika Tap Center, escola pioneira no Brasil especializada em sapateado americano há 40 anos, ministrará a oficina “Sapateado”, das 9h às 10h30, no Palacete Provincial, na Praça Heliodoro Balbi – Centro de Manaus.

Kika Sampaio tem no currículo coreografias de diversos musicais como “As Noviças”, com direção de Wolf Maia; “Cabaret”, com direção de Jorge Takla; e “Não Fuja da Raia”, com direção de Jorge Fernando.

Das 14h às 15h30, será a vez de Yara Costa, diretora da Índios.com Cia de Dança, comandar a oficina “Processos Criativos”, também no Palacete Provincial.

Yara Costa é coreógrafa, bailarina, intérprete, produtora e professora, pesquisadora em dança, além de pós-graduada pela Universidade Federal da Bahia, Mestre em Performance Artística – Dança pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa e doutoranda no Curso Comunicação e Semiótica da PUC-SP, orientada pela professora Dra. Christine Greiner.

Ainda no Palacete Provincial, das 16h às 17h30, Ryan Carlos Lebrão estará à frente da oficina “Dança e Tecnologia”. Dançarino, coreógrafo e diretor de produção, Ryan Lebrão é fundador do Coletivo MIDIM, que desenvolve trabalhos com mídias digitais, interatividade, improvisação e criação em dança.

Já no Centro Cultural Usina Chaminé, na avenida Lourenço da Silva Braga, s/n, Centro, das 14h às 15h30, o coreógrafo amazonense Joffre Silva dos Santos ministrará a oficina “Ballet Contemporâneo”.

Com formação clássica e experiência em balés modernos e contemporâneos, Joffre Silva dos Santos foi o primeiro diretor do Corpo de Dança do Amazonas, de 1998 a 2002. Ao longo da trajetória profissional, ele tem participação em grupos como Ballet Ópera Paulista e Ballet Stagium, de São Paulo; e Balé Teatro Castro Alves, da Bahia.

Também na Usina Chaminé, Rodrigo Vieira comandará a oficina “Jazz”, no dia 22, das 16h às 17h30. O curso será realizado novamente no sábado (24/11), das 11h às 12h30.

Rodrigo Vieira é bailarino do Corpo de Dança do Amazonas (CDA), foi coreógrafo do Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas (BECDA) e atualmente é maître de Ballet Clássico do BECDA.

Sexta-feira (23/11)

Nesta sexta-feira (23 /11), a programação começa com a oficina “Corpo Provisório”, com Clébio Oliveira, que será das 9h às 10h30, no Teatro da Instalação (Rua Frei José dos Inocentes, s/n, Centro).

Coreógrafo, bailarino e professor de dança contemporânea, Clébio Oliveira veio a Manaus para desenvolver a coreografia “Mata”, em homenagem aos 20 anos do Corpo de Dança do Amazonas. Desde 2008, ele divide o tempo entre Natal e Berlim.

No Centro Cultural Palácio da Justiça (Avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro), das 10h às 12h, Yara Costa ensina técnicas na palestra “Corpos da Floresta e a Criação em Dança”.

De 14h às 16h, será a vez de Denise Acquarone apresentar o tema “Políticas Públicas Culturais em Dança”, também no Palácio da Justiça.

Profissional de dança há 30 anos, Denise Acquarone é bailarina, professora, coreógrafa e produtora de dança. Em gestão política da dança está presente na elaboração da publicação do Plano Nacional da Dança e criou o Colegiado Estadual da Dança e ao Sistema Estadual de Cultura.

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação