No aniversário de Belém, Equatorial Energia Pará faz balanço e projeções

Variedades

Para comemorar o aniversário de Belém, a Equatorial Energia Pará faz um balanço das ações realizadas na capital e apresenta projeções de melhoria. Em pouco mais de sete anos que o Grupo Equatorial assumiu a gestão da distribuidora, os resultados foram positivos em uma esfera na qual foram priorizados projetos de assistência às comunidades, eficiência e uso racional de energia, ampliação e otimização da estrutura que atende a cidade.

Um projeto de destaque é o E+ Geladeira Nova, que troca as geladeiras de clientes baixa renda por meio do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. Foram mais de seis mil geladeiras novas entregues às famílias de Belém só no ano passado. As geladeiras entregues pela distribuidora possuem o selo A do Procel e economizam até 40% de energia em relação a um equipamento ineficiente.

Em eventos que passaram por vários bairros também foi possível fazer a troca de lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por luminárias de LED. Foram mais de 190 mil lâmpadas. Vale lembrar que o material de LED é capaz de economizar até 80% na iluminação residencial se comparado às lâmpadas comuns.

Ainda com o objetivo de oferecer um consumo eficiente, a distribuidora ainda realizou adequações nas instalações elétricas internas de clientes da capital. De acordo com as regras do setor elétrico, as instalações internas são de responsabilidade do cliente, mas a empresa fez duas mil ações em residências de clientes baixa renda, onde as fiações estavam bastante deterioradas.

O presidente da Equatorial Energia Pará, Marcos Almeida, reforça que ações como essas terão continuidade. “Nós queremos beneficiar o maior número possível de famílias em Belém. Seja de troca de geladeiras, lâmpadas, atendimento em comunidades e até mesmo com obras para melhorar a qualidade da energia. A cidade merece tudo isso. Queremos chegar ao próximo aniversário com um número ainda maior de pessoas alcançadas pelo nosso trabalho”, diz Marcos.

Mais pelo social – Foram 17 eventos de voluntariado em iniciativas como doação de alimentos e brinquedos para a população carente, além de trabalhos em instituições beneficentes. O Energia na Comunidade realizou 117 ações, que atenderam mais de 22 mil clientes em Belém, com serviços de troca de titularidade, emissão de segunda via, cadastro no Programa Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros. Dentro do projeto de Desenvolvimento Social, a empresa fez um investimento no Museu Goeldi e reformulou totalmente o Aquário da instituição e ainda foi responsável por toda a sinalização do Parque Zoobotânico.

Fornecimento – Outro dado de grande relevância está relacionado ao tempo em que o belenense ficou sem energia, cuja redução, em sete anos, foi de 65%. Já em relação a quantidade de vezes em que houve interrupção do fornecimento, a redução foi de 74%. O indicador é analisado e validado pela ANEEL, e vem contribuindo para o avanço de 27 posições da empresa no ranking nacional da Agência, que avalia a qualidade do fornecimento de energia no Brasil.

Projeções – Para este ano na capital, a empresa deve intensificar suas ações na área social e de serviços. O E+ Geladeira Nova continuará fazendo a alegria de famílias belenenses assim como os eventos em comunidades. Ainda está prevista a entrega de reformulação de um espaço no Lar Fabiano de Cristo, no Guamá, e a reforma do prédio da Associação Paraense de Pessoas com Deficiência – APPD.

Em relação à qualidade do fornecimento de energia elétrica em Belém, a empresa continuará investindo de forma assertiva e para isso deve fazer a inauguração de uma subestação de energia no bairro da Batista Campos, para atender o bairro e adjacências. A Equatorial Transmissão, empresa do grupo, ainda fará uma nova linha de transmissão que dará um reforço importante no atendimento de Belém.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação 

Deixe uma resposta