Exposições de artesanato geram mais de R$ 720 mil para artesãos do Amazonas

Notícias

Com o objetivo de valorizar os produtos artesanais amazônicos e gerar renda para artesãos e grupos solidários amazonenses, a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) realiza e participa de feiras e exposições nacionais todos os anos. Só de janeiro até o início de julho deste ano, as vendas de biojoias, ecojoias, itens de decoração e acessórios já renderam mais de R$ 722 mil para os artesãos do Estado.

A 16ª Mostra de Artesanato e Economia Solidária, que ocorreu no município de Parintins no final do mês passado, gerou o maior faturamento do ano, até o momento. Um total de R$ 344.110,00 foi movimentado no local, incluindo as encomendas realizadas.

De acordo com a secretária da Setrab, Neila Azrak, as feiras e mostras incentivam o desenvolvimento do artesanato amazonense como uma ótima alternativa econômica. “Esses eventos são uma grande oportunidade de promover a cultura local para outras partes do país e do mundo. E não só isso, mas propiciar a participação dos nossos artesãos do nosso Amazonas significa geração de renda, sustento de famílias, e ainda impacta positivamente a economia do nosso Estado”, afirmou Neila.

Seleção – Para participar das exposições, os interessados passam por processos seletivos realizados pela própria secretaria, a qual avalia a identidade cultural do material, consciência ambiental, inovação, entre outros critérios.

Destaque nacional – As artes manuais do Amazonas se destacaram, também, na Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), a qual garantiu aos artesãos um total de vendas de R$ 251.586,161, incluindo os valores de produtos encomendados.

Entidades representativas e artesãos de vários municípios do nosso Estado, participaram, no mês de maio, do 12º Salão de Artesanato, em Brasília. O evento viabilizou aos profissionais cerca de R$ 75.118,00.

Já no mês de julho, a Setrab participou da Feira de Negócios, Artesanato e Turismo, durante o 87º aniversário de Manacapuru e proporcionou aos artesãos do município um ganho de R$51.387,00, com a venda de peças artesanais feitas a partir de sementes, madeiras, e outros tipos de matéria-prima que existem na região amazônica.

Próximo evento – Ainda este ano, o Amazonas vai participar do 20º Festival de Inverno de Bonito (MS). Todo ano, a Feira escolhe um Estado como convidado especial, e desta vez o Amazonas terá a oportunidade de evidenciar suas riquezas em forma de artesanato. O evento acontece de 25 a 28 de julho, na praça da liberdade de Bonito.

Fonte – Secom

Foto – Divulgação