Governo do Amazonas doa 80 toneladas de alimentos para instituições filantrópicas

Notícias

Em virtude do recesso nas escolas da rede pública estadual em Manaus por medidas de prevenção ao coronavírus, o Governo do Amazonas, através da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), fará a doação de aproximadamente 80 toneladas de alimentos regionais para 31 instituições de caridade. Os produtos perecíveis, que seriam fornecidos para a merenda escolar, agora têm como destino a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) que fará a distribuição dos alimentos.

De acordo com o presidente da ADS, Flávio Antony Filho, a alternativa foi definida visando a qualidade dos alimentos que deve ser mantida aliada à uma boa iniciativa de ajudar a quem mais precisa nesse momento. “Adquirimos estes alimentos para a merenda escolar, mas como as aulas foram suspensas e, visando a saúde alimentar da população, bem como evitar o desperdício dos alimentos, o Governo do Amazonas decidiu doar para instituições de caridade por meio da Sejusc”, completou o presidente.

Na lista de doação constam alimentos como: abóbora, abacaxi, cheiro verde, banana in natura, couve, limão, mamão, pimentão e macaxeira, produzidos pela agricultura familiar do Amazonas.

Os mantimentos serão doados para 31 instituições que atuam com população em situação de rua, mulheres, crianças e idosos em situação de vulnerabilidade, Pessoas com Deficiência (PcDs) e população LGBT. A titular da Sejusc, Caroline Braz, ressalta que o objetivo da ação é contribuir com a qualidade de vida dessas populações.

“Nós estamos aqui selecionando e já temos mais de 30 instituições voltadas para a pauta da Pessoa com Deficiência, da população em situação de rua, instituições que trabalham com mulheres, crianças e idosos. Todas instituições realmente que estão necessitando receber esses alimentos. Essa parceria com a ADS vai contribuir para que elas sejam beneficiadas neste momento”, ressaltou Caroline.

 

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta