Idam completa 24 anos de atuação no setor primário do Amazonas

Notícias

Incentivar o aumento da produção e proporcionar aos agricultores familiares e produtores rurais o acesso às políticas públicas disponíveis para o setor primário estão entre as prioridades do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), que nesta quarta-feira (18/03) completa 24 anos de existência. Em 2019, mais de 42,3 mil agricultores familiares e produtores rurais foram assistidos com serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) nas áreas agropecuária, florestal, pesqueira, agroindustrial, além do apoio nas ações de comercialização, organização do produtor e defesa agropecuária.

Para a diretora-presidente do Idam, Eda Oliva, é importante reconhecer o trabalho do Instituto e a responsabilidade do Governo do Amazonas com as ações voltadas ao setor primário. “Sabemos que esse governo tem um olhar diferenciado para os agricultores familiares e produtores rurais que trabalham com a produção de alimentos da agricultura familiar. A execução dos 21 Projetos Prioritários propostos pelo Idam são resultados do fortalecimento e aumento na produção das culturas elencadas nos projetos”, destacou a presidente.

Segundo Eda, a intenção é dar visibilidade a produção e produtividade de 21 cadeias produtivas que já estão sendo trabalhadas em todo o estado. “Nós temos exemplos de cadeias que tiveram um momento significativo na história do Amazonas, como é o caso da borracha, que hoje retorna com grandes possibilidades”, concluiu Eda, ao parabenizar o Instituto e todos os colaboradores da casa pela contribuição nos serviços de Ater.

O secretário de Estado da Produção Rural, Petrucio Magalhães Júnior, parabenizou todos os servidores do Idam pelos relevantes serviços prestados. “Nosso importante Idam está há 24 anos prestando serviços ao produtor rural, agricultor familiar, extrativistas, pescadores, piscicultores e demais atores do setor primário. A missão de vocês servidores do Idam é muito nobre e merece nossos agradecimentos”, ressaltou Petrucio.

Para o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Flávio Antony Filho, o Idam é um parceiro muito importante porque é o braço do setor primário em todo o estado do Amazonas. “É através dessa parceria que conseguimos cadastrar e dar orientação para todos os produtores rurais e agricultores familiares. Então a ADS se vale do Idam para a sua atividade precípua que é a comercialização e nós temos juntamente com o Idam uma parceria longa, duradoura e que nós esperamos manter por mais 24 anos, mais 24 anos e mais 24 anos”, frisou.

De acordo com o diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), Alexandre Henrique, a presença do Instituto em todo o estado é essencial. “O Idam é responsável em tocar o serviço de Ater no Amazonas e apoiar as conquistas sanitárias que o estado tem. Muito se deve a esse órgão por conta da necessidade do Governo do Estado em levar políticas públicas e dar assistência técnica as comunidades rurais e agricultores familiares que estão em todo o interior do estado e na capital”, disse Alexandre.

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta