Palestra da Sepror sobre Associativismo abre Seminário Agricultura Familiar

Notícias

O secretário estadual de Produção Rural (Sepror), Petrucio Magalhães Júnior, foi o principal palestrante do “Seminário Agricultura familiar”, realizado hoje (10/03) na sede do Conselho Regional de Agronomia e Engenharia do Amazonas (Crea), localizado na Rua Costa Azevedo, 174, Centro. O tema da palestra foi “A Importância do Associativismo na Agricultura Familiar”. O Crea é um dos organizadores do evento, juntamente com o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e o jornal paranaense Gazeta do Povo. O evento faz parte do projeto Expedição Agricultura Familiar.

O secretário iniciou sua fala citando três premissas que norteiam as associações e o cooperativismo: “Não podem ser criadas de cima para baixo, tem que ser criadas a partir da reivindicação das bases envolvidas; são auto-gestionadas, ou seja, as lideranças são escolhidas entre seus membros criadores; e, sendo o cooperativismo um instrumento para desenvolver a economia, necessita de educação, princípio fundamental para que evolua”, exemplificou.

“A agricultura nos dias de hoje é tecnologia, e quem não estiver atualizado fica para trás”, disse o secretário, enfatizando que a equipe cooperativa é aquela que caminha junto, enfrenta obstáculos, é solidária, valoriza a participação de cada associado e alcança os objetivos estabelecidos. “A cooperativa não pode ser amadora, tem de ter uma gestão profissional, investir em formação e capacitação e adotar modelos modernos de governança”, afirmou.

Durante a palestra, Petrucio Magalhães fez um resumo das atividades do sistema Sepror nos primeiros 15 meses do governo Wilson Lima, mostrando os esforços que vem sendo feitos e resultados positivos obtidos nos programas voltados para a agricultura familiar e o setor primário como um todo.

O Seminário é parte do Projeto Expedição Agricultura Familiar, realizado pela CONFEA em parceria com o jornal paranaense Gazeta do Povo e Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná, com ênfase na sustentabilidade. É organizado pelo jornal Gazeta do Povo.

Representantes do sistema Sepror estiveram presentes ao evento. A diretora- presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Eda Oliva, também foi uma das palestrantes, que participou do evento da Expedição Nacional da Agricultura Familiar.

Ela afirmou que 98% do público assistido pelo Instituto é composto por agricultores familiares e que a agricultura familiar é uma das coisas mais apaixonantes do Amazonas. Eda Oliva destacou a importância dos Projetos Prioritários do Idam para o Estado e o coordenador do Projeto Prioritário de Madeira Manejada, Eirie Vinheto, apresentou ao público detalhes dos 21 projetos e seus encaminhamentos que estão em execução como a realização de reuniões, visitas e orientações de Ater.

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta