Sepror antecipa pagamento para 112 agricultores de 28 municípios atendidos pelo PAA

Notícias

Nesta quarta-feira (25/03), a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) efetua o pagamento antecipado de mais de R$ 473 mil para 112 agricultores de 28 municípios amazonenses, cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), uma ação do Ministério da Cidadania executada pela Sepror. Os pagamentos são feitos via Banco do Brasil, pelo Cartão de Benefício Econômico. O pagamento estava previsto para o dia 31 de março, mas foi antecipado pelo Governo Federal como forma de garantir a produção, frente à pandemia do coronavírus.

O PAA abrange 55 municípios no Amazonas, beneficiando 616 agricultores familiares hortifrutigranjeiros. São 32 itens adquiridos pelo governo, como banana, melancia, couve, alface, pimentão, rúcula, entre outros. Os produtos são distribuídos para Centros de Referência de Assistência Social (Cras), entidades sociais e também para beneficiários do Programa Bolsa Família, hospitais do interior e da capital, a exemplo do Hospital Infantil Dr. Fajardo. Ao todo, são 89 entidades beneficiadas, sendo 30 em Manaus.

Edital – Iniciado em agosto de 2019, com o Edital de Chamamento nº 001/2019, o PAA tem execução programada até junho de 2020. Ele envolve diretamente cerca de 100 mil pessoas, entre capital e interior, e movimenta recursos da ordem de R$ 4 milhões, dos quais 80% já foram aplicados na aquisição de mais de 1.290 toneladas de alimentos de um total de 1.790 toneladas programadas. A folha paga hoje soma R$ 473.423,00, referentes a 190.896 quilos de produtos.

“Nós já estamos executando cerca de 80% dessa proposta e estamos fazendo esse pagamento no estado todo. Executando a folha de pagamento de outubro até março, deixando tudo em dia”, destacou o coordenador do programa, Tanis Castro.

PAA – O Programa de Aquisição de Alimentos tem como objetivo incentivar a produção local com base na agricultura familiar, por meio da aquisição e destinação de alimentos para atender às necessidades da suplementação alimentar das pessoas que se encontram em risco de vulnerabilidade social e/ou em estado de insegurança alimentar e nutricional, cadastradas nos municípios que se integraram ao PAA.

 

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta