Acervo do Instituto de Cooperativismo e Associativismo está disponível na internet

Notícias

Em sintonia com o SP Sem Papel – programa do Governo do Estado que busca tornar a gestão pública mais eficiente –, o Instituto de Cooperativismo e Associativismo (ICA), da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), vinculada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento, acaba de transformar em formato digital todo o seu acervo, que pode ser acessado pela internet.

Trata-se de um conjunto de 51 publicações entre as quais estão o Mapa da Agricultura Familiar e o Guia do Associativismo Rural, ambos publicados em março de 2018; o Projeto de Desenvolvimento Integrado de Cooperativismo de São Paulo (PDICOOP); os Procedimentos Administrativos de Cooperativas; o Modelo de Estatuto de Cooperativas de Produtores(as) Rurais, e mais dezenas de guias, manuais e outros documentos que ajudaram na organização do trabalho rural, e continuarão ajudando, além de contribuir para contar a história do associativismo no estado.

De acordo com a socióloga Adriana Campos, a disponibilização do acervo do ICA é importante não somente pela garantia do acesso à informação, mas, sobretudo, pela disseminação de um material de qualidade cientifica-histórica extremamente relevante para o trabalho de pesquisadores, gestores públicos e estudantes, entre outros.

“É certo que a agricultura paulista tem parte de sua história e força construída pelo cooperativismo e associativismo. Muitos produtores rurais encontraram [e ainda encontram] nessa forma de organização do trabalho uma maneira de manter e desenvolver positivamente seus negócios. A divulgação desse material só irá colaborar com o desenvolvimento do agronegócio, da ciência, da educação do estado de São Paulo”, conclui.

Sobre o ICA

Criado em 1933, com o objetivo de acompanhar e orientar os produtores rurais, o ICA sempre atuou junto aos coletivos formados por empreendedores rurais de pequeno porte, auxiliando durante todo o processo, desde a formalização da organização até a comercialização dos produtos, explica Guilherme Araújo, diretor da entidade.

“O produtor pode contar com o auxílio do ICA desde a mobilização e capacitação para formação de uma cooperativa ou associação, passando pela constituição, até o auxílio técnico e administrativo do grupo já formalizado, com orientações sobre programas e projetos de fomento, financiamento público e aberturas de editais de compras pelo Estado”, afirma.

Nestes 87 anos, o ICA tem incentivado os produtores a conhecer e adotar as tecnologias desenvolvidas nos centros de pesquisa da pasta. Também estimula os agricultores a seguir as orientações dos técnicos da assistência técnica e extensão rural para aumentar a produtividade e competitividade do agricultor familiar e garantir a sanidade dos alimentos. As atividades são desenvolvidas tanto presencialmente como em ambiente virtual.

 

Fonte – Governo de São Paulo

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta