Associação de produtores do Matupi recebe implementos agrícolas com apoio do Sistema Sepror

Notícias

Em Santo Antônio do Matupi, distrito do município de Manicoré (distante 332 quilômetros de Manaus), no sul do estado, produtores rurais estão comemorando a chegada de implementos agrícolas, que passam a ser utilizados na preparação de áreas para o próximo plantio de milho, a acontecer a partir do mês de setembro.

A Associação dos Produtores Amigos de Santo Antônio do Matupi (Apasam) recebeu da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), por meio de sua vinculada Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), um trator motoagro 220 e uma grade aradora, que já está sendo utilizadacumprindo um cronograma de atendimento às necessidades dos pequenos e médios produtores locais, associados ou não, com o sistema mecanizado de preparação do solo para a próxima safra, segundo informa o presidente da entidade, Jerônimo de Souza Vítor.

O presidente da Apasam disse que a produção de grãos de Matupi está focada atualmente no milho, mas que os projetos de diversificação visam também o plantio de arroz e soja. “Através do escritório local do Idam, os produtores fazem seus pedidos, e temos recebido as melhores respostas do Governo, que não tem se negado a nos apoiar, incentivando nossos 33 associados e muitos outros produtores das áreas próximas a plantar de acordo com as boas práticas transmitidas pelos técnicos do Sistema Sepror”, afirmou Jerônimo.

Após a última colheita em uma área de 50 hectares, que rendeu 2,5 toneladas e foi considerada como uma boa produção, considerando a condição anterior de trabalho no local, o terreno começa a ser novamente preparado para receber novas sementes. “Certamente teremos uma produção bem maior, agora que a preparação da área está sendo feita com apoio do maquinário que recebemos”, projeta Jerônimo Vítor.

Mercado – A região distrital de Santo Antônio do Matupi já se destaca com grande potencial pecuário, produzindo leite e seus derivados, que já são comercializados em todo o estado do Amazonas e nas principais capitais nacionais, por meio de agroindústrias, e em breve estará atuando no mercado de carne bovina.

 

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta