Parceria Embrapa/OCB já mostra resultados

Notícias

Para registrar cinco anos de capacitações na cadeia produtiva de cereais de inverno, promovidas por meio da parceria da Embrapa com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), foi produzida uma série de vídeos mostrando como o conhecimento está melhorando os resultados na produção de grãos na Região Sul. O “Manejo nos cultivos anuais de grãos” é o tema de abertura da série, apresentando a experiência da cooperativa Cotricampo.

A OCB estima que 64% dos produtores rurais brasileiros são associados ao cooperativismo. Este é o caso da família Casali, que produz grãos em Campo Novo, RS. Na propriedade são 290 hectares com rotação de trigo, soja e milho manejados conforme orientação técnica da equipe da Cotricampo. “A tomada de decisão tem base nos conhecimentos técnicos que vieram da pesquisa e foram testados na minha região. Foi percorrendo esse caminho com segurança que estamos atingindo novos níveis de produção e de comercialização dos grãos”, avalia o produtor Rafael Casali.

Cada passo na lavoura dos Casali é acompanhado de perto pelo departamento técnico do Cotricampo, que conta com 40 profissionais para atender mais de 8 mil produtores, em 17 municípios da região noroeste do Rio Grande do Sul. As orientações técnicas têm na rotação de culturas o ponto de partida para os melhores resultados na produção de grãos: “Fazer a rotação da soja com gramíneas de verão e inverno, tanto para grão ou cobertura, tem mantido os rendimentos estáveis ao longo dos anos, com rentabilidade e melhor aproveitamento da estrutura das propriedades, além da movimentação na cooperativa”, explica o engenheiro agrônomo Rodolfo Richter.

Todo o conhecimento que está sendo aplicado pelos técnicos da Cotricampo tem o respaldo da pesquisa, com origem tanto através da participação de vários profissionais nas capacitações Embrapa e OCB, quanto na validação de tecnologias na área experimental da cooperativa.

Para o pesquisador Chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Trigo, Jorge Lemainski, o segredo da produtividade está no manejo eficiente dos recursos do ambiente, com equilíbrio entre os fatores promotores de rendimento e a proteção da lavoura, sem perder de vista os custos de produção e as tendências do mercado.

“O contingente técnico das cooperativas precisa atuar como vetor para levar as tecnologias até o produtor. A aproximação com a pesquisa preenche uma lacuna neste processo”, afirma o superintendente da OCB, Renato Nobile, destacando que “o elo entre pesquisa, técnico e produtor é a melhor forma para enfrentar os desafios crescentes na agropecuária brasileira”, conclui.

PARCERIA

A parceria entre a Embrapa e a OCB iniciou em 2015, com a estruturação das capacitações na cadeia produtiva em cereais de inverno e temas transversais, organizadas pela Embrapa Trigo, com o apoio da Fecoagro/RS, da Ocesc/SC e da Ocepar/PR.

Em cinco anos, já participaram 155 profissionais de departamentos técnicos, multiplicadores em 40 cooperativas que atuam nos estados do RS, SC, PR, MG, SP e respondem por 9% da produção nacional de grãos. Os conhecimentos chegaram a 730 técnicos que atendem 95 mil produtores rurais. A área de aplicação direta dos conhecimentos foi estimada em 340 mil hectares, com potencial de adoção em 1,4 milhões de hectares.

Aumento da produtividade, melhoria na rentabilidade e redução de riscos na produção de grãos são resultados da parceria entre a Embrapa e OCB.

 

 

 

Fonte – Embrapa

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta