Opção simples e clássica de se guardar dinheiro

Notícias

Seja para comprar um bem, realizar um projeto ou ter uma reserva financeira para emergência, a poupança é uma das preferidas dos brasileiros. Muito usada por aqueles que querem iniciar o hábito de poupar, ela apresenta uma série de vantagens como liquidez imediata, isenção de impostos, segurança e simplicidade que atraem milhões de pessoas.

A poupança também é um produto financeiro bastante utilizado pelas instituições e pelos economistas para fomentar a necessidade de se economizar, para que as pessoas tenham segurança financeira. A ideia é tão levada a sério que o sábado dia 31 de outubro é conhecido como Dia Mundial da Poupança e foi instituído com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de poupar, tendo em mente a construção de um futuro sólido e seguro financeiramente.

Juliana Rodrigues, coordenadora de Desenvolvimento de Negócios Pessoa Física da Central Sicredi Centro Norte, explica as vantagens da poupança. No que se refere à liquidez imediata, ela afirma que o poupador pode sacar o valor a qualquer momento, sendo parcial ou total, sem ter nenhuma perda financeira.

Além de ser livre de taxas administrativas ou de adesão, a poupança também é livre de impostos e tem rendimento mensal, atrelado à taxa básica de juros, a Selic. Além disso, é fácil de administrar e de acompanhar. “Outro atrativo da poupança é a segurança do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), para depósitos em bancos, ou do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), para depósitos em cooperativas de crédito, ambos em até R$ 250 mil CPF ou CNPJ”, comenta Juliana.

É por essas e outras vantagens que a poupança tem tantos usuários no País. Dados mais recentes divulgados pelo Banco Central apontam em setembro os brasileiros depositaram R$ 13,2 bilhões a mais que retiraram na poupança. A captação líquida é 51% maior que a registrada no mesmo mês de 2019 quando os brasileiros tinham depositado R$ 8,7 bilhões a mais que tinham sacado. Foi o melhor resultado em setembro de toda série histórica, iniciada em 1995. No acumulado de janeiro a setembro, a poupança acumula entrada líquida de R$ 137,2 bilhões, segundo o BC.

Estatísticas da Central Sicredi Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Acre e Amazonas, apontam crescimento de 36,8% na carteira de poupança nos nove primeiros meses deste ano, na comparação com o mesmo intervalo de 2019. Passou de R$ 1,9 bilhão no ano passado para R$ 2,6 bilhões em 2020. “Foi um crescimento orgânico e acompanhou o movimento registrado em todo o País. A poupança é um produto que traz segurança e as pessoas estão cada vez mais conscientes da importância de se guardar dinheiro, de economizar”, comenta Juliana.

E para abrir uma conta poupança no Sicredi é fácil. E ela pode ser digital. Para isso, Juliana explica que basta baixar o aplicativo Sicredi X nas lojas de aplicativos Android ou IOS. A conta poupança digital oferece cartão de débito, disponibiliza saque sem cartão nos caixas eletrônicos e o usuário também pode acompanhar as movimentações pelo aplicativo, com toda facilidade e comodidade. Quem prefere atendimento físico também pode se dirigir a uma das 199 agências que o Sicredi mantém nas regiões Centro-Oeste e Norte, espalhadas por 152 municípios, para abrir a sua conta poupança.

Rendimento

Segundo regras do Banco Central, a poupança rende 70% da taxa Selic se ela estiver até 8,5% ao ano, como ocorre atualmente, em que a Selic está em 2% ao ano. Quando a taxa básica de juros está acima de 8,5% a.a., a poupança passa a render 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial, em torno de 6,17% ao ano.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 23 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

*Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O Sicredi Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem mais de 500 mil associados, com 199 agências em 152 municípios.

 

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

 

 

Deixe uma resposta