Alta demanda por crédito rural demonstra otimismo do agronegócio

Notícias

Mesmo com um cenário ainda incerto, causado pela pandemia do novo coronavírus, os produtores rurais segue investindo com otimismo, visando ampliar sua produção. Desde o início da safra 2020/2021, o Sicoob – Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil – viu crescer em 35% as concessões de crédito rural e o principal indicativo de otimismo do setor se enxerga na alta procura por linhas destinadas a investimentos.

Segundo Francisco Silvio Reposse Junior, diretor Comercial e de Canais do Centro Cooperativo Sicoob (CCS) – conjunto das instituições de âmbito nacional do Sistema, o volume contratado nestes cinco meses da safra foi de R﹩ 7,8 bilhões, um crescimento de R﹩ 2 bilhões com relação ao mesmo período do ano passado. “Nós notamos que o produtor está muito interessado em investir, para que nas próximas safras ele consiga produzir cada vez mais e melhor, mudando seu padrão tecnológico tornando-se mais competitivo”, diz o executivo.

A instituição tem a expectativa de liberar até R﹩ 16 bilhões em crédito rural no Plano Safra 2020/2021. Este valor é 33% maior do que os recursos concedidos no ano-safra anterior.

Reposse destaca que cerca de 67% da carteira é direcionada ao custeio, enquanto 28% está para operações de investimento. “Os produtores de todo o País estão se movimentando neste sentido de investir, trazer inovação tecnológica para sua atividade. Isso demonstra que estão apostando em ainda mais crescimento do agronegócio brasileiro nos próximos anos”.

Do total de volume disponibilizado, R﹩ 2,4 bilhões foram voltados para custeio pecuário, segmento com crescimento superior ao da agricultura na carteira do Sicoob. “Excluindo tudo o que de ruim a pandemia nos trouxe, 2020 está sendo um ano de reforço ao desempenho positivo de 2019”, comenta.

Outra demanda para a qual o Sicoob notou grande crescimento, foi a busca de financiamento para os setores de aves e suínos. “O produtor tem procurado investir, não só na alvenaria e na construção, mas em aquisição de equipamentos, como ventiladores, bebedouros, sistema de informatização, sempre com o objetivo de se integrar à cadeia da agroindústria”.

Sobre o Sicoob - O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, Sicoob, possui 4,8 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por mais de 390 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas/entidades de: meios eletrônicos de pagamento, consórcios, DTVM, seguradora e previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras. A rede Sicoob é a quarta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 3,4 mil pontos de atendimento. As cooperativas integrantes do Sistema oferecem aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras. Mais informações acesse.

 

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

 

Deixe uma resposta