Feiras de Produtos Regionais movimentam mais de R$ 17 milhões em 2020

Notícias

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, produtores rurais e fornecedores de alimentos credenciados nas Feiras de Produtos Regionais do Governo do Estado, realizadas pela Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), conseguiram comercializar mais de 6 mil toneladas de alimentos, gerando R$ 17.255.256,88 em recursos.

Em Manaus, os feirantes da ADS forneceram 4.952.444 quilos de produtos, arrecadando R$ 12.139.598,37. A edição realizada no Shopping Ponta Negra foi a que mais se destacou nesse período, com a venda de mais de 1 mil toneladas de alimentos. No total, foram movimentados R$ 3,28 milhões.

O presidente da ADS, Sérgio Litaiff Filho, falou sobre a capacidade de adaptação dos feirantes. “É importante destacar a capacidade de adaptação dos nossos produtores rurais e feirantes. Entre março e abril de 2020, com o início da pandemia, tiveram a ousadia de empreender no delivery, e o fazem até hoje, aperfeiçoando ainda mais cada dia esse serviço, levando produtos de qualidade para a mesa do consumidor”.

A produtora Elane Glória, de 33 anos, participante das feiras no Manaus Plaza Shopping, Cassam e Comando Geral da Polícia Militar, relatou que conseguiu vender seus produtos em meio à crise.

“Sou credenciada nas Feiras da ADS há dois anos, é por meio dela que consigo ter uma renda boa. Neste período de pandemia, eu não fiquei desamparada, no ano passado, por exemplo, consegui vender meus produtos para o governo e por meio do delivery”, contou.

Em 2020, as edições de Feiras Regionais da ADS aconteceram nos municípios de Atalaia do Norte, Barreirinha, Benjamin Constant, Careiro Castanho, Humaitá, Iranduba e Januari, Maués, Nhamundá, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Silves, Tabatinga e Tefé.

Ao todo, os municípios forneceram um total de 1.284.870 quilos de produtos, e o valor do recurso arrecadado nesse período foi de R$ 5.115.658,51. Depois de Manaus, Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) foi a cidade que mais vendeu itens regionais, cerca de 193.378 quilos, entre frutas, verduras e outros. A produção gerou receita de R$ 1.141.576,17.

Inaugurações – Na capital amazonense, mais uma feira foi inaugurada nesse período, desta vez no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, totalizando sete endereços.

No interior, foram inauguradas novas feiras nos municípios de Carauari, Tapauá, Alvarães, Tefé e Boca do Acre com a entrega de kits feira, contendo: expositores de pescado, totens de álcool em gel, máscaras, coletes, tendas de feiras, mesas e cadeiras.

Expoagro 2020 – Os feirantes também tiveram a oportunidades de vender seus produtos por meio do site da 42ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro) digital, realizada pelo Governo do Estado nos dias 28, 29 e 30 de setembro. Os participantes das Feiras da ADS movimentaram um total de R$ 6.657 em recursos.

Delivery Manaus 2021 – Para minimizar os impactos econômicos no setor primário, os feirantes e empreendedores da ADS continuam atuando com o serviço de delivery de produtos regionais em Manaus.

A lista completa dos feirantes que atuam com delivery na capital pode ser acessada por meio do link.

Normalmente as edições acontecem nos seguintes locais: Shopping Ponta Negra, Sumaúma Park Shopping, Manaus Plaza Shopping, Comando Geral da Polícia Militar, Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, Centro Associativo dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica em Manaus (Cassam) e Centro Estadual de Convivência da Família Magdalena Arce Daou.

 

Fonte – Secom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta