Setores de fruticultura, olericultura e bovinocultura do Senar- AR/AM movimentaram ações de ATeG em Setembro no Amazonas

Notícias

Durante o mês de setembro, o Senar-AR/AM realizou ações de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) nos municípios de Itacoatiara e Borba, no Amazonas. Foram mobilizadas duas turmas de ATeG em Itacoatiara, uma de fruticultura e uma de bovinocultura, entre os dias 13 e 16 de setembro. Nas duas turmas, o Senar-AR/AM contou com a parceria do Sindicato Rural do município. Em Itacoatiara já existe uma turma de fruticultura, que iniciou com apenas 2 sindicalizados e hoje já soma 25 participantes.

Já em Borba, foram realizadas turmas de Olericultura e Bovinocultura, do dia 21 ao dia 29 de Setembro. O Senar-AR/AM também contou com a parceria do Sindicato Rural de Borba para realizar as atividades.

O técnico da cadeia produtiva de fruticultura em Borba, Rosinei Sousa, comentou que a turma segue empolgada em participar das ações. “Em relação à turma, todos os 25 continuam e estão bastante entusiasmados com o trabalho desenvolvido uma vez que nunca haviam feito o trabalho de gestão em suas propriedades, ainda mais agora que se iniciou o período de safra do açaí”, contou Rosinei.

O acompanhamento nas propriedades do programa ATeG é feito através de visitas agendadas previamente, uma vez a cada mês com duração de até 4 horas, onde o técnico realiza uma análise macro da propriedade fazendo o levantamento da parte de gestão da propriedade, como receitas e despesas, realiza os trabalhos de recomendação técnica, como pragas e doenças, além de realizar demais atividades em que haja necessidade.

Rosinei comentou ainda sobre a importância dessa assistência técnica e gerencial que os produtores rurais recebem. “É de fundamental importância uma vez que nunca tinham tido a atenção no aspecto de gestão e continuada. As orientações que são dadas tem início e fim para serem acompanhadas a cada 30 dias”, acrescentou.

Já o produtor, Manoel Xavier, contou que a união entre produtor, técnico e sindicato, fortalece e incentiva o produtor, mostrando que estão no rumo certo. “Nós temos algumas falhas, mas estamos aqui para nos corrigir e melhorar o nosso potencial”, disse, ele.

Com a comemoração de um ano de ATeG em Borba, o presidente do Sindicato do município, José Rocha, avaliou positivamente os resultados que a assistência tem levado aos produtores.“Estou muito feliz com o nosso Sistema Faea Senar Fundepec/AM e Sindicatos Rurais, e também feliz com a aceitação do produtor rural. Só temos que agradecer ao Senar aos nossos técnicos, porque eu sei que está havendo mudanças, mudanças para melhor”, disse José.

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

Deixe uma resposta