Carrefour fecha parceria com startups para ampliar venda de itens de produtores regionais

Notícias

Em mais uma ação para facilitar o acesso a uma alimentação mais saudável, sustentável e acessível aos seus clientes, o Carrefour firmou parcerias com duas startups que auxiliarão a rede a se aproximar ainda mais de pequenos produtores e fornecedores regionais. O trabalho conjunto com a Local.e e a Muda Meu Mundo contribuirá para ampliar a oferta de produtos com características locais e regionais, além de alimentos mais frescos, em todas as lojas do Carrefour no Brasil.

Em paralelo às parcerias, a companhia também adaptou processos internos para facilitar a entrada dos produtos de pequenos e médios produtores em suas lojas. Após um longo processo para entender as principais demandas desses produtores, o Carrefour passa a oferecer um prazo de pagamento vantajoso, maior facilidade no processo de cadastramento, isenção de taxas logísticas e simplificação do contrato. A rede criou ainda uma incubadora interna para a acelerar o cadastramento de pequenos produtores. Hoje, o Carrefour já conta com cerca de 9 mil itens regionais de mil fornecedores em suas lojas.

“O Grupo Carrefour sempre acreditou e apoiou os produtores locais. Entendemos que valorizar a produção dessas pessoas fortalece a economia e as famílias das diferentes regiões do país. Por isso, nos últimos anos ampliamos a participação desses produtos em nossos negócios, em um processo que se baseou também no uso da tecnologia”, diz Arnaud Dusaintpere, diretor comercial das células regionais do Carrefour. “Com isso, diversificamos ainda mais a variedade de produtos oferecidos aos nossos clientes e posicionamos o Carrefour como o maior ecossistema do varejo alimentar do Brasil a valorizar as regionalidades do país”, completa.

As parcerias com as startups valem para todos os estados nos quais o Carrefour está presente e buscam se complementar. Enquanto a Local.e trabalha para aproximar da varejista marcas locais de produtos alimentares industrializados, a Muda Meu Mundo foca seu trabalho em pequenos agricultores, que comercializam, em especial, frutas, legumes e vegetais. Os produtos comercializados por essa última startup contam ainda com um QR code onde o consumidor pode obter todas as informações sobre o produtor, método de produção e imagens, criando um vínculo entre as duas pontas dessa cadeia de consumo – o produtor e o consumidor final. Ambas as empresas possuem uma plataforma online para a aproximação de varejistas com pequenos produtores, funcionando como uma grande vitrine de produtos.

“Estamos animados com essa parceria, pois não é sempre que temos um varejista disposto a realmente rever os seus processos internos olhando para a realidade das marcas locais” diz Leila Okumura, co-fundadora da Local.e. “Hoje, nossa plataforma conta com mais de 7.500 produtos e 3.000 marcas locais, sendo que desde a sua criação mais de 8.000 oportunidades comerciais foram geradas. Com a nova parceria com o Carrefour, podemos ampliar ainda mais as possibilidades de negócio dessas marcas locais”, completa.

“Estamos falando de uma visão disruptiva de supply chain, utilizando uma tecnologia que engaja pequenos produtores para comercializar diretamente com o varejo ao mesmo tempo em que consegue gerar benefícios de impacto positivo social e ambiental, encurtando a cadeia de alimentação e exercitando na prática os melhores conceitos de Governança Ambiental, Social e Corporativa e inovação”, comenta Priscilla Veras, fundadora e CEO da Muda Meu Mundo.

Em suas lojas, o Carrefour busca incentivar a comercialização desses produtos regionais por meio dos espaços “Da Nossa Terra”. Idealizado pela companhia em 2015 para ser uma campanha realizada em alguns períodos do ano, o projeto tornou-se uma ação contínua que busca destacar os produtos regionais nos hiper e supermercados da rede. Hoje, é possível encontrar nas lojas diversas seções voltadas especificamente para esses produtos, que ganham destaque em meio aos outros itens oferecidos pela rede. Os pontos “Da Nossa Terra” contam também com materiais visuais que buscam valorizar a história desses pequenos produtos.

Todas essas iniciativas da companhia estão alinhadas ao compromisso global do Grupo Carrefour de liderar a transição alimentar nos países em que está presente. Chamado de Act for Food, o programa tem como principal objetivo facilitar o acesso a alimentos saudáveis, sustentáveis e baratos, promovendo, ao mesmo tempo, as características regionais de cada estado ou país. Com essas ações, a companhia busca também o desenvolvimento socioeconômico das famílias e comunidades das regiões em que atua, incluindo ribeirinhos, quilombolas e indígenas, o que contribui também para preservar os biomas dos locais onde vivem.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

Deixe um comentário