É importante para as marcas estarem presentes no tikTok?

Notícias

O diferente hoje é a forma como as empresas se comunicam em redes sociais como o TikTok, que surgem com formatos totalmente inovadores. Essa rede tornou-se um fenômeno: em 2019, já era a 4ª maior rede social do mundo em números de usuários de acordo com dados da Infobase Interativa. São cerca de 1,5 bilhão de usuários mensais nessa plataforma.

Essa se tornou uma grande oportunidade para as marcas. Uma pesquisa da Nielsen, encomendada pelo TikTok, indica que seis em cada 10 usuários da rede acreditam que anúncios e conteúdo orgânico se misturam na plataforma. Isso quer dizer que a experiência dentro da rede é bastante imersiva, a ponto de os usuários não perceberem os anúncios de maneira interruptiva.

A dúvida que surge é como iniciar um perfil de marca nessa rede sem fugir do tom mais informal dos conteúdos. Como essa rede exige muita criatividade na produção do conteúdo, em vídeo, nada melhor do que apostar em uma estratégia híbrida. De acordo com Cintia Arruda, gerente de Marketing da Hill’s Pet Nutrition, é importante investir muito mais nos influenciadores nativos da rede do que tentar criar dentro de casa. “O TikTok faz com que as marcas deixem ainda mais de ter controle sobre o conteúdo produzido. Quero dizer que, de uma vez por todas, precisamos entender que os influenciadores precisam ter liberdade para criarem. Afinal, eles são os especialistas”, explica.

Esse é um grande aprendizado para todas as marcas: ter menos domínio sobre o que é produzido e como é produzido. Entre conteúdos criados pelas empresas e conteúdos criados por influenciadores fica nítida a diferença de desempenho – especialmente no TikTok. Por isso, a importância de confiar nos resultados de uma estratégia híbrida de ação nessa rede.

As oportunidades são infinitas dentro desse mundo das redes sociais. A criatividade tem que vir em primeiro lugar e as marcas precisam abrir mão do “só falar” para interagir. O social listening é mais importante do que nunca. A partir do momento em que a empresa ouve o que os consumidores e clientes querem (consumir e como consumir), os resultados passam a ser maiores e muito mais naturais.

 

 

Fonte – Dino

Foto – Divulgação

 

 

Deixe um comentário