Programa do Artesanato Brasileiro reconhece diversidade de peças do Amapá na Fenearte, em Olinda

Notícias

Em visita ao estante do Amapá na 21ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), em Olinda (PE), a coordenadora nacional do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), Rosianne Vidal reconheceu os esforços do governo do Estado e os artesãos pelo nível de organização, diversidade e quantidade de peças expostos para comercialização. O espaço é um dos mais visitados da feira, que é considerada a maior do segmento da América Latina.

“Não tem como passar em frente ao estande do Amapá e não parar. As peças artesanais atraem os olhares dos visitantes locais e turistas. Fiz questão de estar aqui para testemunhar o quanto o artesanato amapaense é rico em qualidade, acabamento e criatividade. Todos estão de parabéns”, informou a coordenadora nacional do PAB, órgão ligado ao Ministério da Economia.

O Amapá levou para a Fenearte dez toneladas de peças. Os artesãos antes do encerramento da feira já haviam faturado R$56,9 mil com as vendas de peças artesanais em argila, madeira, semente, fibra, escama, fio, tecido e com a técnica de reutilização.

“É muita gratificante para nós receber a visita da coordenação nacional do PAB e saber que nosso estande foi bastante elogiado. Nossos artesãos capricharam, como sempre, na produção das peças e estão colhendo os frutos com as vendas”, acrescentou Junielson Pessoa, coordenador estadual do Artesanato.

A Fenearte 2021 encerrou neste domingo, 19 e foi realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, na cidade de Olinda.

 

Fonte – Governo do Amapá

Foto – Divulgação

 

Deixe um comentário