Carteira de crédito do Sicredi cresce 129% no Pará em 2021

Notícias

Modelo de negócio que constrói uma cadeia de valor que beneficia associado, cooperativa e a comunidade, o Sicredi é uma instituição financeira que trabalha para agregar renda e contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Apoia pessoas físicas, empresas e produtores rurais na realização de seus sonhos e no crescimento dos negócios. E este apoio pode ser mensurado pela concessão de crédito aos associados. Em 2021, a carteira de crédito do Sicredi atingiu R$ 3,059 bilhões no Pará, aumento de 129% sobre o ano anterior. Em todo o país, a carteira de crédito do Sicredi somou R$ 133,1 bilhões, alta de 36,9%.

Do total concedido aos associados paraenses, o crédito comercial contabilizou R$ 1,989 bilhão, o equivalente a 65% do total. O crédito rural totalizou R$ 672,807 milhões, e respondeu por 22% da carteira. “Apoiamos o desenvolvimento e o crescimento dos pequenos, médios e grandes produtores e empresas. Os números registrados no ano passado demonstram o quanto o Sicredi é parceiro dos associados na realização de sonhos e na expansão dos negócios”, comenta o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi Centro Norte, Ezio Almeida.

Em detalhes, o crédito comercial registrou alta de 77,5% em 2021, ante os R$ 1,120 bilhão de 2020. O crédito destinado à produção agrícola e pecuária expandiu 227%, se comparado aos R$ 205,281 milhões de 2020. Os recursos emprestados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), via Sicredi, registraram R$ 223,220 milhões, incremento de 239% sobre os R$ 65,811 milhões de 2020. De recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a instituição financeira cooperativa emprestou R$ 149,2 milhões no último ano.

“O crescimento registrado nas diferentes modalidades de crédito operadas pelo Sicredi demonstra a confiança que os associados têm na instituição financeira cooperativa. Vale lembrar que por não ter o objetivo do lucro, as cooperativas de crédito conseguem praticar taxas de juros inferiores às do mercado financeiro. É importante destacar que os recursos captados na região ficam na região, e ajudam no desenvolvimento local”, acrescenta Almeida. E por falar em captação, a Poupança do Sicredi atingiu R$ 237,9 milhões em 2021 no estado paraense, volume 49% superior ao contabilizado no ano anterior.

Outro diferencial das cooperativas de crédito é o chamado Resultado (lucro obtido pela cooperativa), que é distribuído aos associados proporcionalmente às movimentações realizadas por eles no respectivo exercício. Em 2021, as cooperativas do Sicredi que atuam no Pará obtiveram resultado de R$ 83 milhões, 70,2% maior que os R$ 48,7 milhões de 2020. Em todo o País, o Sicredi distribuiu R$ 4,8 bilhões em resultados. Este montante contribui com a solidez das cooperativas do Sicredi e com a qualidade de vida dos associados que recebem parte deste valor.

“Os resultados registrados pelas cooperativas são destinados aos associados e ao fortalecimento da própria instituição e ficam nas regiões onde foram gerados, criando o que chamamos de círculo virtuoso, que amplia a capacidade de atendimento da instituição e aumenta seu impacto positivo na comunidade onde está inserida, pois ela usufrui diretamente de outras iniciativas e projetos mantidos pelas cooperativas”, comenta o presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof, ao se referir a programas como o União Faz a Vida, Cooperação na Ponta do Lápis, Sicredi na Comunidade, Fundo Social, entre outras ações.

Solidez e confiança

O balanço financeiro do Sicredi registrou desempenho positivo também nos indicadores relacionados à solidez. No Pará, os ativos administrados atingiram R$ 3,078 bilhões no último ano, 71,2% maior que os R$ 1,797 bilhão de 2020. Outro dado que demonstra a robustez do sistema é o patrimônio líquido, que fechou 2021 em R$ 295,1 milhões no Estado, aumento de 46,8% se comparado ao ano anterior. Os depósitos totais atingiram R$ 1,538 bilhões (+32%).

Em número de pessoas, no Pará, o Sicredi atingiu a marca de 131.033 associados ao fim de 2021, quantidade 68% maior que o ano anterior. O crescimento está relacionado também à expansão da atuação da instituição financeira, que chegou a mais municípios. Para se ter uma ideia, em 2021 foram abertas 18 agências, encerrando o ano com presença em 88 municípios atendidos (ante 77 no ano anterior), com um total de 49 pontos físicos de atendimento ao associado. Além das agências, as pessoas podem se associar ao Sicredi por meio digital e realizar diferentes operações financeiras, sem a necessidade de contato presencial.

Benefícios à comunidade

Os programas de educação cooperativa desenvolvidos pelo Sicredi contribuem com a formação de milhares de pessoas na região Norte do Brasil e em Mato Grosso. As ações do Programa Cooperação na Ponta do Lápis (que promove educação financeira), por exemplo, impactaram mais de 113 mil pessoas em 2021. Com o Programa A União Faz a Vida, que é desenvolvido em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, foram realizadas atividades em 379 escolas, em mais de 46 cidades alcançando 114,6 mil crianças e adolescentes e contribuindo com a formação continuada de mais de 7,3 mil professores. Além disso, o Fundo Social beneficiou diferentes projetos nas áreas de educação, saúde, esporte, cultura, bem-estar, entre outros.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

 

Deixe um comentário