Conselho Estadual de Pesca e Aquicultura discute mudanças e prioridades para o setor em última reunião do ano

Notícias

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), realizou nesta quarta-feira (13/12), a última convocação do ano do Conselho Estadual de Pesca e Aquicultura (Conepa). A reunião foi coordenada pelo titular da Secretaria Executiva Adjunta de Pesca e Aquicultura da Sepror, Alessandro Cohen, para avaliar questões importantes que vão nortear os rumos do setor pesqueiro para o próximo ano.

A reunião, realizada no auditório da Sepror teve como pauta a criação do Grupo Temático (GT) destinado a revisar e propor alterações ao Regimento Interno do Conepa.

Pelas decisões dos conselheiros os membros do GT, foram formados pela Sepror, Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb); Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam); Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa); Federação dos Sindicatos de Pescadores e Pescadoras no Amazonas (Fesimpeam); Associação Amazonense dos Municípios (AAM); Associação dos Engenheiros de Pesca do Amazonas (AEP/AM); e Sindicato dos Pescadores do Estado do Amazonas (Sindipesca/AM). Esta medida se fundamenta na resolução interna número 001/2019 da Sepror, buscando alinhar os procedimentos do conselho às demandas atuais do setor.

Outro destaque da reunião foi a apresentação e discussão das sugestões de pautas prioritárias para o setor primário em 2024. Os conselheiros, representantes de diversos segmentos relacionados à pesca e à aquicultura, ofereceram esclarecimentos valiosos para direcionar ações que promovam o crescimento sustentável e a inovação na área.

O conselheiro representante da AEP/AM, Ivo Calado, afirmou que “com a reunião de hoje, encerrou-se o ciclo de encontros do Conselho neste ano, gerando discussões construtivas e planos sólidos para impulsionar a pesca e a aquicultura no Amazonas. As decisões tomadas nesta reunião sinalizam um compromisso firme em promover mudanças positivas e alavancar o setor primário em 2024, focando no crescimento sustentável e na valorização dos profissionais envolvidos” disse.

Menção honrosa

Como forma de reconhecer contribuições significativas ao desenvolvimento do setor, a reunião contemplou a entrega de certificados de menção honrosa a membros do Conepa que por suas contribuições e dedicação à causa.

 

Fonte – Agência Amazonas

Foto – Divulgação

 

Deixe um comentário