Aliança guaraná de Maués inicia nova fase de ações

Notícias

Após um ano de muito trabalho e repleto de atividades nas áreas de produção rural, educação, manifestações culturais e turismo, a Aliança Guaraná de Maués (AGM) dá o pontapé inicial a sua segunda etapa. Fortalecendo a bem sucedida parceria com a Ambev e USAID, financiadoras da iniciativa, o Idesam agora retoma as ações locais que visam o fortalecimento de todos os elos da cadeia do guaraná no município.

O coordenador técnico da iniciativa, Eric Brosler, destaca que a reuniões com todos os Grupos de Trabalhos (GTs) e Conselho de Produtores estão sendo retomadas, fortalecendo a estratégia de investir em articulações para agregar mais atores locais para compor a AGM.

Atividades prévias de campo foram realizadas neste primeiro semestre com o intuito “preparar o terreno” para as ações nos GTs de Educação, Produção Sustentável, Cultura e Turismo, temas considerados pilares na filosofia da Aliança Guaraná. Devido a própria natureza mais dinâmica das ações da AGM, após o início dos encontros e discussões, novas demandas relevantes ao município ainda poderão ser incorporadas ao plano de ação da iniciativa, adianta Brosler.

“A Primeira fase foi de muitas ações e efetivação de várias relações, mas o principal é que foi um ano de aprendizado relacionado a governança e alinhamento entre todos os membros de diferentes perfis, mas que buscam um objetivo em comum que é a realização de seus sonhos para trazer uma melhoria para Maués”, destaca o coordenador.

E a Aliança Guaraná não é apenas uma conquista do Idesam e de todos os parceiros que fazem ela acontecer, mas também do próprio povo de Maués. Para o agricultor Adeilson de Souza, morador da comunidade São José do Paricá (Zona Rural de Maués), a AGM chegou ao município “no momento certo”. “A Aliança chegou para nos ajudar a fazer um trabalho diferenciado, trouxe técnicas (de cultivo) inovadoras para nós, além de nos fortalecer a melhorar cada dia mais”, ressalta o produtor de Guaraná.

Alexandre Lemos, gerente de marketing de Guaraná da Ambev destacou a satisfação da companhia com os resultados do primeiro ano de trabalho. “Para nós é de extrema importância incentivar cada vez mais projetos como o da AGM e, de alguma forma, retribuir para a comunidade de Maués todo o trabalho duro que os produtores têm para garantir os melhores frutos, que são a maior riqueza do nosso produto, quase centenário, e motivo de orgulho nacional.”, completa Lemos.

Fonte – Idesam

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta