Café ao lado de espécies nativas para estancar desmate no Amazonas

Notícias

Que gosto tem o desmatamento da Amazônia? Para muita gente, o sabor é de carne – seja pela criação de bovinos ou pelo plantio da soja que alimenta os animais. Mas um grupo de ambientalistas brasileiros pretende criar uma nova conexão: ao saborear um café com teor de cafeína superior, o consumidor sentiria uma satisfação extra ao saber que o grão vem da mesma floresta, mas sem que uma árvore tivesse caído para a sua produção.

Os cafezais, ainda que poucos, já existem. Plantados na zona rural de Apuí, a quase 800 quilômetros de Manaus, eles ainda não viraram as áreas de pastagens que nas últimas décadas se expandiram por boa parte do Norte brasileiro.

“O desafio é mantê-los ali”, afirma Mariano Colini Cenamo, cofundador e pesquisador-sênior do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam). Há cinco anos, a organização trabalha para fortalecer a cadeia cafeeira na região, em um caminho de profissionalização e geração de renda alternativo à política de comando e controle para estancar o desmate na Amazônia.

Com apoio financeiro do Fundo Vale, Cenamo e sua equipe estão transformando em pequena escala as opções econômicas de agricultores familiares isolados do mercado comprador e com dificuldades, da produção ao escoamento. O primeiro mérito foi convencer 30 famílias do Assentamento do Rio Juma a não trocar terras produtivas por bois.

Na ponta do lápis, mostraram a esses agricultores que permanecer com o café valeria mais a pena: a receita obtida por cada hectare de pasto de baixa produtividade (a realidade na Amazônia) oscilaria entre R$ 70 e R$ 80 por ano. Com o plantio do grão, entre R$ 4 mil e R$ 5 mil.

Para isso, era preciso investir em novas tecnologias, informação e treinamento. O sistema de produção adotado é o agroflorestal, em que as árvores de café são consorciadas com espécies nativas. O café agroflorestal de Apuí recebe o apoio da Prefeitura, que ajuda no transporte do grão da zona rural até a cidade, onde é vendido a um beneficiador, que paga R$ 330 por saca – um prêmio de 10%. Além de garantir um ganha-pão melhor a quem produz, ele preserva a densidade verde de Apuí. O município está entre os que mais desmataram no Amazonas.

Com a assistência do Idesam, os agricultores aprenderam técnicas como a adubação foliar com biofertilizantes (a partir do esterco bovino), armadilhas caseiras contra a broca do café, podas, utilização de plantas que auxiliam na fixação do nitrogênio e sementes propícias. No caso da Amazônia, a opção foi o conilon, o único que sobrevive às altas temperaturas da região. Rústicas, as árvores geram um café encorpado e com mais cafeína.

O sombreamento propiciado pela regeneração natural e o plantio de espécies nativas também ajudou na produtividade dos cafezais. Em cinco anos, passou de 9 sacas por hectare para 24 sacas, diz a entidade.
Criado na década de 1980 após o Incra atrair agricultores do Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo e outros Estados para integrar a região ao resto do país, o assentamento de Apuí foi posicionado numa área de 690 mil hectares – ainda o maior do Brasil. O local era um antigo entreposto para operários da construção da rodovia Transamazônica. Inicialmente, a proposta era levar 7,5 mil famílias para plantar café. Não chegaram a ser cadastrados 5 mil. Ao longo dos anos, muitos desistiram e venderam seus lotes, outros tantos chegaram informalmente, embaralhando os dados oficiais. Dos assentados originais, restam estimados 1,5 mil. Desses, só 200 a 300 são cafeicultores. O resto optou pelo boi.

“Era difícil produzir, processar e armazenar sem que estragasse”, diz Cenamo. O isolamento de Apuí não dava opções para quem vender. A pecuária, por outro lado, exigia pouca mão de obra e técnica e ainda tinha um cliente fiel – os moradores de Manaus, que importam 70% da carne que consomem.

Com os resultados já obtidos, ele espera convencer os demais a aderir ao projeto e fazer o caminho contrário, de reverter pasto em árvore. Segundo o Idesam, o projeto resgata uma atividade mais rentável e inclusiva, e ambientalmente muito melhor. Embora pequena, a produção de café de Apuí já chegou a pontos de venda de São Paulo e Rio.

 

Fonte – Valor Econômico

20 comments

  • Hi there are using WordPress for your site platform? I’m new to the blog
    world but I’m trying to get started and set up my own. Do you require any coding expertise to make your own blog?
    Any help would be really appreciated!

  • I am curious to find out what blog platform you have
    been utilizing? I’m having some minor security problems with my
    latest site and I’d like to find something more secure.
    Do you have any recommendations?

  • Can I just say what a relief to discover someone that really
    understands what they are talking about on the web. You actually know how to bring an issue to light
    and make it important. More and more people ought to check this out and understand this side of
    the story. I was surprised that you are not more
    popular because you surely possess the gift.

  • I’d like to thank you for the efforts you have put in writing this site.
    I really hope to see the same high-grade content by you in the future as well.
    In truth, your creative writing abilities has inspired me to get my
    own, personal site now 😉

  • Hi there! This post couldn’t be written any better!
    Reading through this article reminds me of my previous roommate!
    He constantly kept talking about this. I am going to forward this
    post to him. Fairly certain he’ll have a great read.
    I appreciate you for sharing!

  • I just could not depart your web site before suggesting that I actually enjoyed the usual info an individual
    provide in your visitors? Is gonna be again steadily to check up on new
    posts

  • I like the valuable information you provide to your articles.
    I will bookmark your weblog and test once more here
    regularly. I am rather certain I will be told plenty
    of new stuff proper here! Best of luck for the next!

  • Because the admin of this web page is working, no hesitation very shortly it will be renowned, due to
    its feature contents.

  • We are a group of volunteers and starting a new scheme in our community.
    Your site offered us with valuable info to work on. You’ve done an impressive task and our entire group will be
    thankful to you.

  • Hello there I am so happy I found your weblog, I really found you by
    mistake, while I was researching on Digg for something
    else, Anyhow I am here now and would just like to say cheers for a tremendous post and a all round interesting
    blog (I also love the theme/design), I don’t have time to read it all at the
    minute but I have bookmarked it and also added your RSS feeds, so when I have time I will be back to read more, Please do
    keep up the superb work.

  • It’s truly very complicated in this full of activity life to listen news
    on Television, so I simply use internet for that purpose,
    and get the hottest information.

  • Simply wish to say your article is as astonishing. The clarity in your post is just spectacular and i can assume you’re an expert on this subject.

    Fine with your permission let me to grab your feed to keep up to date with forthcoming post.

    Thanks a million and please carry on the enjoyable work.

  • Woah! I’m really enjoying the template/theme of this
    site. It’s simple, yet effective. A lot of times it’s
    challenging to get that “perfect balance” between superb
    usability and visual appeal. I must say you have done a excellent job with this.
    In addition, the blog loads extremely quick for me on Safari.
    Superb Blog!

  • Good day very cool website!! Guy .. Excellent ..
    Amazing .. I’ll bookmark your website and take the feeds additionally?
    I’m happy to search out so many useful info here in the publish, we want work out
    extra strategies in this regard, thank you for sharing. .
    . . . .

  • I’m not sure where you’re getting your info, but great topic.
    I needs to spend some time learning much more or understanding more.
    Thanks for excellent information I was looking for this info for my mission.

Deixe uma resposta