Campanha da Unimed Norte/Nordeste alerta para o diagnóstico precoce do câncer de próstata

Notícias

Para lembrar a importância do diagnóstico precoce da doença mais comum entre os homens no Brasil, a Unimed Norte/Nordeste iniciou nesta quarta-feira (01) uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata. O pontapé inicial do “Novembro Azul” da Unimed Norte/Nordeste começou com a distribuição de laços na cor da mobilização com os colaboradores e pretende desenvolver uma série de materiais informativos em seus canais nas redes sociais para incentivar os homens, a partir dos 40 anos, a manterem consultas de rotina com urologista, especialista habilitado a realizar uma avaliação individualizada sobre o risco de desenvolvimento do câncer de próstata.

O diagnóstico precoce pode aumentar em 90% as chances de cura do câncer de próstata. E é por conta disso e pensando naqueles que ainda não se cuidam que a Unimed Norte/Nordeste adere à mobilização da campanha “Novembro Azul”, que anualmente é desenvolvida em todo o país.

A operadora de planos de saúde que há 40 anos cuida da saúde, da qualidade de vida e do bem estar das pessoas, oferecendo as melhores soluções em saúde para clientes, colaboradores e partes interessadas, quer levar mais informação sobre a doença que, anualmente, atinge a mais de 61 mil homens.

Sobre a próstata – É uma glândula que só os homens possuem e integra o sistema reprodutor masculino. Ela pesa de 25 a 30 gramas e está localizada logo abaixo da bexiga e à frente do reto.

Sobre a doença – O câncer de próstata ocorre quando células da próstata começam a se multiplicar de forma desordenada. Grande parte dos cânceres de próstata se desenvolvem lentamente, sem sintomas aparentes, o que justifica a necessidade dos exames preventivos. Em fases mais avançadas, o paciente pode sentir: vontade de urinar com maior freqüência, jato urinário mais fino e dificuldade para urinar. Dores ósseas, com ênfase na região das costas, podem ocorrer em casos mais avançados devido à presença de metástases (instalação de um ou mais focos do tumor distantes do local em que ele se originou), e sinalizam que a doença evoluiu para um estágio de maior gravidade.

Formas de prevenção – Já está comprovado que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco de câncer, como também de outras doenças crônicas não-transmissíveis. A detecção precoce da doença é fundamental. Exames iniciais como dosagens do PSA (sigla em inglês para Antígeno Prostático Específico) e o exame físico da próstata são fundamentais.

Tratamento – Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

 

Fonte – Unimed Norte/Nordeste

Deixe uma resposta