Catadora Gaúcha recebe o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema em Gramado

Notícias

A catadora gaúcha e representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR Maria Tugira Cardoso recebeu o troféu Kikito de Melhor Atriz em Curta Metragem. O prêmio do 36º Festival de Cinema de Granado, um dos mais importantes do país, reconheceu a importância da personagem no documentário “Catadora de Gente”, dirigido pela cineasta Mirela Kruel, única representante gaúcha da mostra competitiva de curtas brasileiros.

O filme narra a trajetória de Tugira ao longo de sua vida, maior parte dentro de um lixão a céu aberto na cidade fronteiriça de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, além de refletir sobre a pobreza no país e a luta por direitos.

“A gente nunca teve esse tempo disponível, passei toda a vida dentro de um lixão, depois consegui construir a associação (de catadores), e a gente nunca teve direcionado para nenhum filme. Sou uma autodidata, li para poder ajudar outros catadores e catadoras. Filme não era meu universo. Mas tudo é possível nessa vida, tanto é que nunca imaginei estar aqui num Festival de cinema”, declarou Tugira.

A Catadora faz questão de dividir a realização com todos os Catadores e Catadoras, pois sua intenção ao participar do filme foi dar visibilidade para a categoria.

“Esse prêmio é de todas as catadoras e de todas as mulheres, que foram as grandes incentivadoras na minha história de vida. Não tenho palavras para dizer o que sinto e para agradecer. Estou nesses espaços, vinda do lixão de Uruguaiana, e só consegui chegar aqui com a ajuda de todas vocês”.

 

Fonte – MNCR

Foto – Divulgação