Centrais do cooperativismo solidário articulam ações de intercooperação

Notícias

Como parte dos desdobramentos do Seminário Nacional do Cooperativismo e da Economia Solidária, realizado pela Unicopas (União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias), em Brasília, na semana passada, estão ações de intercooperação entre centrais do cooperativismo solidário.

Uma delas foi a articulação de uma agenda comum entre a Unisol Brasil (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários) e a Concrab (Confederação das Cooperativas de Reforma Agrária do Brasil). De acordo com Arildo Lopes, presidente da Unicopas, a atuação se dará em dois eixos principais: político e econômico. No âmbito político e social já foram acertadas três agendas que são: a Jornada de Pesquisa dos Assentamentos Rurais, que será realizado de 12 a 14 de junho, o II Festival de Agroecologia e Ecoturismo, que será realizado nos dias 5 e 6 de outubro e a Feira Estadual da Reforma Agrária, que também ocorrerá no segundo semestre deste ano. “As ações promovidas pela Concrab contarão com o apoio e participação da Unisol Brasil”, salientou Lopes.

Já no âmbito econômico, será realizada uma reunião na central de distribuição da Coopercentral, associada à Unisol Brasil, para debater temas como gestão na distribuição de produtos e alinhar uma ação conjunta junto às prefeituras para atuação e incidência nos editais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Também no campo econômico, a Unicafes (União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária) estabeleceu uma agenda comum com a Concrab para o estabelecimento de uma relação comercial com a China. A ideia é que produtores da agricultura familiar das duas centrais possam apresentar amostras de produtos que tenham interesse em comercializar com os chineses para iniciar a construção de uma possível parceria de comercialização entre os dois países.

 

Fonte – Unicopas

Foto – Divulgação